Agricultura

Agricultura

Fechar
PUBLICIDADE

Agricultura

Skretting Tilapia Forum debate desafios e perspectivas da produção global de tilápia

Para estimular ainda mais a tilapicultura, a Skretting, uma das empresas líderes em aquicultura e pertencente ao grupo Nutreco, realizou o I Skretting Tilapia Forum, entre 26 de fevereiro e 1 de março de 2018, no Egito. A conferência internacional re

 

A Tilápia representa um dos maiores sucessos da aquicultura mundial, passando pela atividade de pequena escala aos grandes projetos de criação. Estima-se que a produção de tilápia se aproxime de 6 milhões de toneladas no mercado global, em 2018.

Para estimular ainda mais a tilapicultura, a Skretting, uma das empresas líderes em aquicultura e pertencente ao grupo Nutreco, realizou o I Skretting Tilapia Forum, entre 26 de fevereiro e 1 de março de 2018, no Egito. A conferência internacional reuniu os principais players da indústria de tilápia para compartilhar informações, desafios e perspectivas de mercado.

Entre os temas abordados, destaque para as apresentações sobre os pilares de Skretting: inovação, segurança e qualidade dos alimentos (Nutrace), modelos e serviços (AquaSim) e os compromissos de sustentabilidade entregues pelo programa Nuterra.

 

De acordo com o gerente da divisão Skretting no Brasil, Marcelo Toledo, o fórum objetivou integrar a cadeia da Tilápia em nível global para fortalecer a produção. “No evento, fizemos importante intercâmbio de informações, trocamos experiências para aumentar o networking e promover a integração entre os clientes do Brasil com o grupo em termos mundiais. Os ganhos são de todos”.

Participaram mais de 50 clientes da Skretting dos principais países produtores de tilápia (Vietnã, Indonésia, China, Egito, Gana, Brasil, Equador, México, Nigéria, Quênia e Zâmbia), além de autoridades líderes da genética, agronegócio, saúde, insumos, alimentação, nutrição, processamento e varejo.

Para Rosemary Bichara, gerente da M.CASSAB FOODS, uma das empresas líderes no Brasil em produção e processamento de tilápia, o encontro com representantes de todos os elos da cadeia de produção trouxe oportunidades de melhorias nos processos da cadeia produtiva. “Agora, o maior desafio do mercado brasileiro é  o aperfeiçoamento dos processos de produção para garantir os  ganhos de escala. Assim, visamos rentabilizar de forma equilibrada todas as etapas da cadeia, assegurando um produto de qualidade, saudável e acessível a uma parcela  maior da população”, afirma Rosemary.

 

Enquanto isso, para Renato Morandi, gerente de produção da Geneases Aquacultura, empresa brasileira que produz mais de 12 milhões de toneladas de tilápia por ano, acompanhar temas importantes para melhorar o desempenho da atividade e dar combustível para o crescimento mundial foi de extrema importância para a evolução da produção no Brasil. “Agora, o desafio é conseguir melhorar nossa cadeia de processamento e logística da tilápia no país. Com a produção a todo vapor, processamento do filé e logística moderna, temos condições de melhorar o negócio como um todo. O Brasil é o país da tilápia, já sendo o quarto maior produtor”, afirma Morandi.  

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE