Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Associação de apoio à deficientes do Oeste de Minas enfrenta crise financeira

Presidente da Adefom diz que faltam doações e manutenção de cadeiras de roda não é o suficiente para garantir o atendimento.

 
 -  Adefom atende pessoas com deficiências na região Centro-Oeste de Minas  Foto: Reprodução/TV Integração
Adefom atende pessoas com deficiências na região Centro-Oeste de Minas Foto: Reprodução/TV Integração

A Associação dos Deficientes do Oeste de Minas (Adefom) enfrenta uma crise financeira. Referência para 54 municípios da região, a instituição completa 35 anos neste ano e atende 37 pacientes com a fisioterapia infantil, além dos 13 alunos que participam de aulas de informática.

De acordo com o presidente, Luciano Zeferino Saldanha, o setor de telemarketing foi desativado em 2017 por falta de doações.

A instituição também angaria recursos com a manutenção de cadeiras de rodas e por meio de um convênio entre Estado e Município, que garante o fornecimento do equipamento para o Sistema Único de Saúde (SUS).

Onze cadeiras de roda são produzidas por mês, mas o valor repassado não atende todas as necessidades da associação.

"Só com o dinheiro das cadeiras de rodas, não dá para tocar a associação", explicou o presidente.

Para ajudar a Adefom, o telefone de contato é o (37) 2101-4477.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE