Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Brasil recebe autorização para começar a exportar carne suína para a Coreia do Sul, diz ministro

Blairo Maggi Agricultura publicou informação no Twitter nesta quinta-feira 17 . Além do acordo entre empresas, exportações dependem de autorizações dos governos.

 

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, informou nesta quinta-feira (17) pelo Twitter que o Brasil recebeu autorização para exportar carne suína para a Coreia do Sul (veja na imagem acima).

De acordo com o ministério, quatro frigoríficos já foram credenciados a vender a carne para o país asiático.

Além do acordo entre empresas, exportações dependem de autorizações dos governos.

Atualmente, segundo o governo federal, o mercado de carne suína da Coreia do Sul movimenta US$ 1,5 bilhão por ano. Em 2017, por exemplo, o país importou 489 mil toneladas de carne suína in natura.

As exportações brasileiras de carne suína in natura somaram de US$ 1,47 bilhão no ano passado (592,6 mil toneladas).

Hoje, Santa Catarina é o principal exportador do produto: no ano passado, 40,5% das exportações brasileiras saíram de frigoríficos do estado.

Exportações para a União Europeia

A informação sobre a abertura do mercado da Coreia do Sul foi divulgada no mesmo dia em que a União Europeia decidiu suspender a importação de pescado de todas as empresas brasileiras com o bloco. O embargo não inclui peixes criados em cativeiro.

O bloco também mantém suspendeu a importação de carne de frango de 20 fábricas do país, das quais 12 pertencem à BRF.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE