Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Polícia cumpre nove mandados de prisão contra presos por '''saidinha bancária''' no Maranhão

Eles já haviam sido presos na noite de quarta 16 por portarem duas armas de fogo. Após investigações, descobriu-se que eles deram nomes falsos e possuíam uma grande ficha criminal.

 
 -  Rangel Cardoso  à esquerda  e Thiago Carvalho  à direita  possuem uma extensa ficha criminal, segundo a Polícia  Foto: Divulgação/Polícia Civil
Rangel Cardoso à esquerda e Thiago Carvalho à direita possuem uma extensa ficha criminal, segundo a Polícia Foto: Divulgação/Polícia Civil

O Departamento de Combate ao Roubo a Instituições Financeiras efetuou nesta quinta-feira (17) o cumprimento de nove mandados de prisão mediante investigação de presos na quarta-feira (16) por envolvimento com "Saidinhas Bancárias" em São Luís.

Joyce Kelly já havia sido presa em 2017 por tráfico de drogas, de acordo com a polícia (Foto: Divulgação/Polícia Civil) Joyce Kelly já havia sido presa em 2017 por tráfico de drogas, de acordo com a polícia (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Joyce Kelly já havia sido presa em 2017 por tráfico de drogas, de acordo com a polícia (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

As informações são da superintendente estadual de investigações criminais, Nilmar da Gama, que diz que eles haviam sido levados para Plantão Central da Cidade Operária.

“Eles foram presos na noite de quarta (16) em flagrante delito por estarem portando duas armas de fogo. Após investigações, descobriu-se que eles deram nomes falsos e possuíam uma grande ficha criminal”, afirmou a delegada.

Dentre os presos estão:

  • Joyce Kelly Carvalho Araújo. Ela já havia sido presa em 2017 por tráfico de drogas.
  • Rangel Cardoso Evangelista. Ele era conhecido como "Japonês" e responde a processos por roubo em Pernambuco e no Pará, seu estado de origem.
  • Thiago Carvalho Souza. Ele que havia se identificado pelo nome falso de Diego Carvalho Souza) e foi cumprido um mandado de prisão decorrente de Sentença Penal Condenatória expedido pela Comarca de Belém-PA.
  • Luan Wagner Martinez Silva. Ele também havia se identificado pelo nome falso de Savio Mateus Vale da Silva, contra quem foram cumpridos oito mandados de prisão, sendo sete expedidos pela justiça de Pernambuco e um mandado de recaptura expedido pela Justiça do Pará.

Luan Wagner havia se identificado pelo nome falso de Savio Mateus após ser preso, de acordo com a delegada Nilmar da Gama (Foto: Divulgação/Polícia Civil) Luan Wagner havia se identificado pelo nome falso de Savio Mateus após ser preso, de acordo com a delegada Nilmar da Gama (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Luan Wagner havia se identificado pelo nome falso de Savio Mateus após ser preso, de acordo com a delegada Nilmar da Gama (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE