Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Calor aumenta no PA e, junto com ele, a conta de energia se eleva em cerca de 15%, diz a Anel

A temperatura é de 33 graus na noite desta terça-feira 12 . Com o calor, algumas lojas tiveram aumento de 30% nas vendas de aparelhos de refrigeração.

 

O verão amazônico começou e, e em casa, para enfrentar o calor, muita gente liga ventilador, ar condicionado, e no fim do mês a conta de energia vem bem mais alta. Nas ruas, muita gente tenta se proteger do calor como pode.

O período chuvoso acabou e, andar por Belém, não está fácil. Em vez de um lugar ao sol, todo mundo está buscando nem que seja um pouco de sombra. “Está muito quente!”, reclama o agente de serviços urbanos Joar da Silva. A temperatura é de 33 graus na noite desta terça-feira (12).

Em casa também está difícil. Os ventiladores e o ar condicionado do designer Edilson Duarte passam o dia ligados. A temperatura baixou, mas subiu a conta de energia. “Chega a preocupar. Ganhamos conforto, mas as conta aumenta em média 30%”, diz. Ele informa que já preparou o bolso para pagar mais caro até dezembro, mês em que deve voltar o tempo chuvoso.

Muita gente não altera em nada a rotina em casa por causa do calor, mas, mesmo assim, está pagando uma conta mais alta. É que, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Anel), o consumo de energia no verão amazônico aumenta em média 15%.

O engenheiro eletricista Marcelo Folha explica que é porque o calor exige mais dos eletrodomésticos. “O sistema de refrigeração dos eletrodomésticos, seja de geladeira, freezer ou refrigerador de ar, provoca mudança física. Se a temperatura externa está muito alta, essa unidade precisa trabalhar muito para reproduzir a temperatura que ela quer”, esclarece.

Além da concessionária de energia do estado, as lojas lucram mais com o verão. Nos 12 primeiros dias deste mês, uma loja especializada em refrigeração em Belém teve um aumento considerável de vendas.

“Tivemos um aumento de 30%”, diz o gerente da loja Guilherme Oliveira.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do G1 Pará no (91) 98814-3326

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE