Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Belas praias e festivais de música com atrações nacionais atraem turistas para o verão em Salinas

Município no litoral é um dos destinos mais procurados e badalados em julho. Mais de dez atrações nacionais estão confirmadas nos finais de semana do verão.

 
 -  Praia do Atalaia, em Salinas, vira ponto de encontro de motoristas  Foto: Tarso Sarraf / O Liberal
Praia do Atalaia, em Salinas, vira ponto de encontro de motoristas Foto: Tarso Sarraf / O Liberal

Pé na areia, mar, sol e música para todos os estilos. O cenário perfeito para quem curte o verão pode ser encontrado em Salinas, o mais famoso e visitado balneário paraense. Segundo levantamento dos órgãos de segurança, todos os anos, durante o mês de julho, mais de 300 mil pessoas passam pelo município banhado pelo oceano Atlântico, localizado no nordeste do estado e distante cerca de 200 quilômetros da capital.

Nos últimos anos, Salinas tem sido palco de inúmeros shows nacionais e dessa vez não será diferente. Duas estruturas estão montadas na praia do Atalaia e vão receber dois festivais de músicas, com mais dez atrações, incluindo o forró de Wesley Safadão, Márcia Felipe e Mano Walter, o sertanejo de Henrique Juliano, Maiara e Maraisa, Matheus e Kauan e Marília Mendonça, o pagode de Dilsinho, o axé de Léo Santana e o arrocha de Aldair Playboy.

Minha Praia: TV Liberal, G1 Pará (Foto: G1/TV Liberal) Minha Praia: TV Liberal, G1 Pará (Foto: G1/TV Liberal)

Minha Praia: TV Liberal, G1 Pará (Foto: G1/TV Liberal)

“Minha Praia” é o projeto de verão da TV Liberal e do G1 Pará que, tradicionalmente, divulga os principais balneários do estado. Este ano, cinco reportagens vão mostrar alguns dos destinos mais procurados pelos veranistas que buscam lazer, diversão e cultura, mas também a tranquilidade bucólica das ilhas que ficam próximas de Belém.

O agito da música se mistura a cenários inusitados, com carros dentro da praia, sons automotivos e o movimento da maré, que baixa e sobe, invadindo a areia e chegando até a margem, aos pés das barracas que funcionam como restaurantes. “Salinas é diferente de tudo que já vi. É preciso ficar atento para não ter o automóvel engolido pela água, mas também é surreal ver shows desse porte na praia”, disse o empresário do Tocantins, Alfredo Thomaz.

Arena montada para o Festival Diwali em Salinas (Foto: Reprodução/Diwali) Arena montada para o Festival Diwali em Salinas (Foto: Reprodução/Diwali)

Arena montada para o Festival Diwali em Salinas (Foto: Reprodução/Diwali)

Mas há espaço para tranquilidade. A praia do Farol Velho e da Corvina é um convite familiar. As mansões às margens do mar e da via dão um toque refinado, o som ambiente é da água e os poucos bares e restaurantes no alto tem programação musical que permitem apreciar o pôr do sol. “No Farol Velho tem disso, a beleza irretocável vista no final da praia, mansões e o Marujos. Na Corvina o rústico”, completou Thomaz.

A viagem de Belém para Salinas dura em média quatro horas, e pode ser feita de ônibus. Todos os dias, dezenas de veículos partem do Terminal Rodoviário de Belém com destino à Salinópolis. O preço médio da passagem é R$ 50. Muitas pessoas também optam por ir de carro particular. Muitas famílias se reúnem e fazem grandes caravanas rumo à Salinas.

Praia de Salinas é uma das mais procuradas no verão paraense (Foto: Arthur Sobral / G1) Praia de Salinas é uma das mais procuradas no verão paraense (Foto: Arthur Sobral / G1)

Praia de Salinas é uma das mais procuradas no verão paraense (Foto: Arthur Sobral / G1)

Hospedagem

A locomoção dos turistas na cidade é feita por meio de carros, ônibus e mototáxis. A hospedagem fica por conta das várias pousadas e hotéis próximos aos balneários. Confira algumas opções com diárias a partir de R$ 100.

  1. Hotel Privê do Atalaia
    (91) 3464-1241
  2. Pousada Spardat
    (91) 98150-9551
  3. Pousada Recanto do Sal
    (91) 99991-9194
  4. Pousada Oasis
    (91) 98015-4449

Restaurantes

Seja nas barracas espalhadas pela praia, seja nos restaurantes da cidade, o visitante pode se deliciar com furtos do mar, peixes regionais ou camarões. Outra iguaria que o visitante pode experimentar na praia são as ostras, consideradas afrodisíacas, elas são servidas com limão e sal. Confira alguns restaurantes da cidade:

  1. Marujos Grill: Praia do Farol Velho, Ilha do Atalaia.
    (91)3464-1220
  2. Restaurante Casemirão Frutos do Mar: Avenida São Tomé, 287.
    (91) 98158-0433
  3. Restaurante Delícias Do Mar: Tv. Tiradentes, s/n.
    (91) 3423-4849
  4. Restaurante Verde Mar: R. Verdes Mares, 103.
    (91) 98220-2063

Praias

O principal atrativo da cidade são as belas praias da região. As mais conhecidas ficam na Ilha do Atalaia, distante 15 minutos do centro da cidade. A praia de Atalaia é a mais movimentada de Salinas. Possui hotéis de luxo, bares e restaurantes de todos os tipos.

Próxima ao Atalaia fica a praia do Farol Velho. Lá os turistas também encontram o cenário paradisíaco do Atalaia, mas com tranquilidade. No local, ficam localizadas casas luxuosas de veranistas que visitam com frequência o município.

Ainda na Ilha do Atalaia, muitas pessoas buscam se aventurar nas dunas de areia branca que caracterizam o local. Elas possuem uma vegetação típica do litoral, onde são realizadas algumas trilhas. Além disso, muitas pessoas procuram o lago da Coca-Cola, pequena lagoa de água doce que se forma entre as dunas. A água doce e escura é geralmente utilizada pelos visitantes para tirar o sal do mar e se refrescar depois de caminhar nas dunas sob o sol forte

Próximo ao centro da cidade fica a praia do Maçarico. A praia é um dos pontos mais frequentados durante a noite porque recebe a orla do município. O local também é cercado por bares e restaurantes. Em julho, o local é palco para a realização de shows e atividades de verão.

Salinas Salinópolis Pará Praia Balneário (Foto: Elivaldo Panplona/O Liberal) Salinas Salinópolis Pará Praia Balneário (Foto: Elivaldo Panplona/O Liberal)

Salinas Salinópolis Pará Praia Balneário (Foto: Elivaldo Panplona/O Liberal)

Quem prefere um lugar mais isolado, a vila de pescadores de Cuiarana é o indicado. Lá os visitantes podem encontrar as praias do Cruzeiro e do Amor. A praia pouco movimentada chega a ficar deserta em algumas épocas do ano. Nas altas temporadas, barracas de vendas de frutos do mar e bebidas abrem para oferecer maior conforto aos visitantes. A paisagem encontrada em Cuiarana é exuberante.

Competições

Além das festas, Salinópolis recebe uma tradicional competição esportiva, que movimentam a cidade durante o verão: a “Corrida do Sal”. Neste ano, o evento acontece no dia 28 de julho.

Na “Corrida do Sal” os competidores saem do trevo do Atalaia e percorrem 8 km pela orla da cidade. Atletas amadores e profissionais participam da corrida, monitorada eletronicamente através de chips acoplados no tênis dos corredores. Além do trajeto, os atletas superam o calor do verão, as subidas das ruas de Salinas e o vento forte do litoral.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE