Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

POLÍTICA

Justiça abre inquérito para investigar deputados por suposta distribuição de vales combustíveis

 
O juiz-membro do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MT), Ulisses Rabaneda, abriu um inquérito eleitoral contra os deputados estaduais Max Russi (PSB) e Gilmar Fabris (PSD), por suposto crime eleitoral ocorrido nas eleições de 2010.

De acordo com ação criminal, nas eleições daquele ano, Fabris concorria ao cargo de deputado estadual e Russi ocupava o cargo de prefeito de Jaciara (a 144 km de Cuiabá). Na ação, consta ainda como investigados Arnildo Dutra e Régis Campos.

A ação proposta pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), tem como objeto suposta captação ilícita de sufrágio por parte dos investigados, ligada à distribuição de vales combustíveis nas eleições de 2010. Porém, nos autos disponíveis do Portal da Justiça Eleitoral, não foi possível constatar quais condutas supostamente ilegais, de acordo com denúncia do MP, cada investigado teria praticado.

Vale lembrar que nas eleições de 2010, Gilmar Fabris foi eleito primeiro suplente e assumiu, posteriormente, vaga na Assembleia Legislativa por meio de liminar na Justiça.


VG Notícias

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE