Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

'''A freira''' lidera bilheteria no Brasil, com mais de 1,5 milhão de espectadores

Filme derivado de Invocação do mal arrecadou R$ 25 milhões nos primeiros dias de exibição no país. Os Jovens Titãs em ação! Nos cinemas caiu para o 2º lugar.

 
 -  Taissa Farmiga em cena de   39;A freira  39;  Foto: Divulgação
Taissa Farmiga em cena de 39;A freira 39; Foto: Divulgação

"A freira", terror derivado do universo de "Invocação do mal", dominou as bilheterias brasileiras no primeiro fim de semana de exibição.

Entre quinta-feira (6) e este domingo (9), mais de 1,5 milhão de pessoas compraram ingressos para assistir à história da assombração, que apareceu pela primeira vez em "Invocação do mal 2" (2016). O faturamento no período chegou aos R$ 25 milhões.

"Os Jovens Titãs em ação! Nos cinemas", sátira dos filmes de super-heróis que liderou na última semana, caiu para o segundo lugar. A animação acrescentou R$ 3,9 milhões à arrecadação, com 261 mil espectadores no feriadão.

A lista segue com "Alfa" (R$ 3,2 milhões), "Crô em família" (R$ 2.3 milhões), "O candidato honesto 2" (R$ 1,8 milhão), "Megatubarão" (R$ 1,2 milhão), "Deus não está morto - Uma luz na escuridão" (R$ 845 mil), "O protetor 2" (R$ 564 mil), "Mamma mia: Lá vamos nós de novo!" (R$ 299 mil) e "Slender Man - Pesadelo sem rosto" (R$ 293 mil).

Melhor estreia da franquia

Na trama de "A freira", um padre e uma noviça são confrontados por forças demoníacas ao investigarem o suicídio de uma jovem freira na Romênia. O filme teve também na América do Norte um fim de semana considerado acima das expectativas, que já eram altas.

Ele ficou no topo da bilheteria do chamado mercado doméstico (Estados Unidos e Canadá), com uma arrecadação de US$ 53,5 milhões. É o melhor resultado de estreia para um filme da série - superou o de "Invocação do mal" (2013), que obteve US$ 41,8 milhões no primeiro fim de semana.

"Sabíamos que as estimativas para 'A freira' eram muito altas, mas esses resultados superaram todas elas", disse Jeff Goldstein, diretor de distribuição doméstica da Warner Bros., à agência Reuters.

Juntos, os quatro primeiros filmes da franquia, "Invocação do mal", "Annabelle" (2014), "Invocação do mal 2" e "Annabelle 2: A criação do mal" (2017) arrecadaram mais de US$ 1,1 bilhão em todo o mundo.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE