Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

POLÍCIA

Gerente do Banco do Brasil e família são sequestrados e polícia impede pagamento de resgate em MT

 
 -
O gerente da agência do Banco do Brasil de Santo Antônio do Leverger, a 35 km de Cuiabá, e a família dele foram sequestrados na madrugada desta sexta-feira (14). A Superintendência do Banco do Brasil em Cuiabá afirmou que não rinha informações sobre o caso. Conforme o delegado Diogo Santana, da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), o tipo de crime é conhecido como “sapatinho”.

Nesse caso, o gerente é liberado para ir ao banco fazer o saque do dinheiro, enquanto a família é mantida refém.


“A gente foi acionado pelo banco sobre o sequestro e não permitimos o pagamento de resgate e frustramos a ação. Quando perceberam que a polícia já havia entrado no caso, os bandidos fugiram e libertaram a família no Bairro Pedra 90, em Cuiabá”, explicou o delegado.


Ainda de acordo com o delegado da Polícia Civil, a família informou que eram quatro suspeitos. Diogo Santana afirmou que as investigações e a busca pelos suspeitos continuam e que a família será ouvida nos próximos dias.


“A família estavam aqui na GCCO, mas como estão muito abalados a gente liberou e eles foram descansar e as oitivas a gente vai fazer posteriormente”, disse o delegado.


A Polícia Militar (PM) foi acionada para dar apoio na ocorrência.


De acordo com as informações , os suspeitos invadiram na casa do gerente por volta de meia noite de quinta-feira (13) e mantiveram todos sob cárcere até amanhecer. Na primeira hora da manhã, determinaram que o gerente fosse até a agência bancária e realizasse um saque -de valor não divulgado- para que sua esposa e as duas filhas fossem liberadas pelo grupo.


Nenhum valor foi levado. A PM segue em busca pelos suspeitos com apoio das unidades especializadas e do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

G1MT

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE