Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Prefeito e vereadores buscam medidas para conter alagamentos no setor Nova Barra

 
O Prefeito Roberto Farias recebeu na tarde desta terça-feira (9/10) uma comissão representando a Câmara municipal de Barra do Garças para tratar dos alagamentos no Jardim Nova Barra Sul, causados pela chuva que vem caindo na região nos últimos dias, 

“Mostramos para os vereadores todas as medidas que estamos tomando com cobrança ao Dnit e denúncia ao MPF, para resolver o problema, que foi agravado com a construção do Anel Viário, pois a terra que foi retirada desceu entupindo toda a drenagem existente, com isso, toda a água da parte alta do Nova barra e de bairros vizinhos corre para a parte baixa na região da Rua Amazonas, é uma situação que vem já de outras gestões e a solução definitiva virá com as obras de galerias que cobramos ao Dnit para que fosse incluída no projeto do Contorno viário assim com as rotatórias e a iluminação em todo o trecho urbano, pedimos aqui para que os vereadores também nos ajude cobrando também para que sejam construídas, a última vez que conversei com o superintende Orlando fiz a reivindicação e a informação é que está em fase de licitação”, disse.

Beto afirmou também que enquanto o Dnit não começa a obra medidas paliativas continuarão sendo tomadas para ir resolvendo de forma pontual para amenizar o impacto das inundações para a população, “Solicitei do Secretário de Obras que mantenha uma equipe de prontidão sempre que chover de forma mais aguda para aliviar o impacto desses alagamentos aos moradores”, concluiu. 

Foi apresentado também aos vereadores uma alternativa de um projeto para absorver a água da chuva entre as duas pistas, escoando a água até o córrego fundo, “É uma medida que estamos trabalhando na captação de recursos e já nos próximos dias ligaremos uma galeria que inicia na Rua Laura Vicuña e vai reduzir o fluxo de água da chuva, outros problemas apresentados, como na Rua Jacuí, também tomamos medidas até que seja possível a pavimentação do trecho que resta ”, frisou Agvaílton. 

Participaram da reunião os vereadores Dr. Neto, Cléber Fabiano, Murilo Valoes, Professor Sivirino e Vinícius Dantas. Os vereadores confirmaram que farão cobranças junto ao Dnit e ao MPF.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE