Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

POLÍTICA

Deputado de MT é o 4º mais rico do país; patrimônio dos eleitos é R$ 65 milhões

 
Um levantamento feito pelo Portal G1 aponta que Dilmar Dal Bosco (DEM), reeleito no último domingo (7), é o quarto deputado estadual mais rico do país, com patrimônio declarado em R$ 22,3 milhões. A análise é feita com base nos dados apresentados pelos candidatos à Justiça Eleitoral no ato do registro de candidatura.

No ranking nacional, Dilmar perde apenas para os deputados Berlanda (PR-SC), que possui R$ 64,8 milhões em bens; José Dias (PSDB-RN), que soma R$ 48,8 milhões; e José Gomes (PSB-DF), cujo patrimônio está na ordem de R$ 33,8 milhões.

De acordo com o levantamento, este é o maior registro de deputados milionários já registrado. O número vem crescendo gradativamente, desde o ano de 2002, quando foram eleitos 114 milionários no país ao cargo de deputado estadual. Em 2018, os brasileiros elegeram 388 deputados estaduais milionários, que representa 36,64% dos 1.059 eleitos.

O levantamento também faz a análise do ranking entre Estados. Mato Grosso aparece na 15ª colocação, com 12 deputados estaduais milionários, o que representa metade da Assembleia Legislativa. A lista é liderada por Minas Gerais, que terá 34 deputados estaduais milionários a partir de fevereiro de 2019, seguido por São Paulo, com 31 milionários eleitos, e Bahia com 29 milionários eleitos.

Em Mato Grosso, os candidatos eleitos somam o total de R$ 65.620.909,40. Destes, R$ 61.375.664,61 é só dos 12 milionários eleitos. Quando analisado o grupo, é possível ver a discrepância entre Dilmar e o segundo mais rico, o atual presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), que acumula R$ 6,7 milhões.


folha max

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE