Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Ibama desativa dois garimpos ilegais em parques nacionais no Pará

Operação ocorreu nos dias 4 e 5 de novembro nos parques nacionais de Jamanxim e Rio Novo.

 
 -   head  meta charset 'utf-8 link rel 'preconnect' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'dns-prefetch' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'prec
head meta charset 'utf-8 link rel 'preconnect' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'dns-prefetch' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'prec

O Ibama divulgou nesta quarta-feira (7) a desativação de garimpos ilegais de ouro e cassiterita em dois parques nacionais no sudeste do Pará. A operação aconteceu nos dias 4 e 5 de novembro nos parques de Jamanxim e Rio Novo. Foram apreendidas uma espingarda, munições e escavadeiras.

Os parques nacionais são unidades de conservação de proteção integral, onde a legislação proíbe o garimpo e outras atividades. Os relatórios de fiscalização serão encaminhados ao Ministério Público Federal (MPF) para responsabilização criminal e exigência de reparação dos danos ambientais. Os equipamentos utilizados no garimpo ilegal foram destruídos pelos agentes do órgão.

Operação do Ibama desativa garimpos ilegais de ouro e cassiterita no Pará

Operação do Ibama desativa garimpos ilegais de ouro e cassiterita no Pará

O Ibama advertiu que o garimpo ilegal destrói os cursos d'água, retira a cobertura florestal e contamina o meio ambiente com mercúrio, usado para separar o ouro de outras substâncias.

Criados em 2006, os Parques Nacionais do Jamanxim e do Rio Novo têm 862 mil e 538 mil hectares, respectivamente. As duas Unidades de Conservação abrigam espécies ameaçadas como a onça-pintada e a ariranha, entre outros animais.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do G1 Pará no (91) 98814-3326

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE