Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Policiais militares de Oriximiná passam por treinamento para atualizar técnicas de segurança

O curso teve aulas teóricas e práticas e encerrou com a etapa de manuseio, conhecimento das peças e teste de tiro.

 
 -   head  meta charset 'utf-8 link rel 'preconnect' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'dns-prefetch' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'prec
head meta charset 'utf-8 link rel 'preconnect' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'dns-prefetch' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'prec

Policiais da 12° Companhia Independente da Polícia Militar (CIMP) de Oriximiná, no oeste do Pará, concluíram na quinta-feira (8), a parte prática de uma capacitação com a Carabina CTT 40 e a Pistola .40, novos armamentos recebidos pelo Comando de Policiamento Regional I (CPR-I).

A turma que também teve aulas teóricas ao longo da semana encerrou o treinamento com a etapa de manuseio, conhecimento das peças, teste de tiro e transição entre as armas.

Segundo o comandante do CPR-I, coronel Héldson Tomaso, a capacitação é feita de forma padrão para os militares de todo o estado e é ofertada anualmente pelo Comando de Policiamento Regional I, há pelo menos três anos.

Policiais militares de Oriximiná no teste de tiro do curso de atualização — Foto: Polícia Militar/Divulgação Policiais militares de Oriximiná no teste de tiro do curso de atualização — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Policiais militares de Oriximiná no teste de tiro do curso de atualização — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Com a chegada dos novos armamentos, surgiu a necessidade de treinar todo o efetivo, antes do uso da carabina e a pistola em serviço. Depois de treinados, os militares terão as duas armas de fogo à disposição em todas as viaturas da PM (antes da CTT .40, a Polícia Militar utilizava o fuzil Micro Galil, que vem sendo trocado gradativamente).

Coronel Tomaso destacou que as munições utilizadas no treinamento são diferentes das que os militares usam em serviço. As balas utilizadas na capacitação são recolhidas e reutilizadas por outras turmas.

O comandante da 12ª CIMP, major PM Maciel disse que objetivo do treinamento é deixar os policiais preparados para melhor atender a população. “O novo armamento é o ideal para o combate urbano, e para o correto uso, todo o efetivo tem que passar por essa capacitação. A turma encerra com grande aproveitamento na prática de tiro e demais disciplinas do curso”, frisou.

Situações como imobilização e prisão de suspeitos foram simuladas pelos policiais em treinamento — Foto: Polícia Militar/Divulgação Situações como imobilização e prisão de suspeitos foram simuladas pelos policiais em treinamento — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Situações como imobilização e prisão de suspeitos foram simuladas pelos policiais em treinamento — Foto: Polícia Militar/Divulgação

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE