Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Duas pessoas são presas em flagrante fraudando o sistema do Seguro Desemprego em Marabá

Operação da Polícia Federal aconteceu na manhã desta quarta-feira, 5. Um computador, celulares, uma arma de fogo e munições, dinheiro e um veículo foram apreendidos.

 
 -   head  meta charset 'utf-8 link rel 'preconnect' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'dns-prefetch' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'prec
head meta charset 'utf-8 link rel 'preconnect' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'dns-prefetch' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'prec

Duas pessoas foram presas em flagrante nesta quarta-feira (5) por fraudar o benefício do Seguro Desemprego, em Marabá, no sudeste do Pará. As prisões ocorreram durante uma operação da Polícia Federal que cumpria mandado de busca e apreensão em uma residência para investigar sobre fraudes no sistema do Seguro Desemprego.

Durante a operação foram apreendidos um computador, celulares, uma arma de fogo e munições, dinheiro e um veículo. Todo o material foi encaminhado para a delegacia da PF em Marabá.

Com os criminosos, a Polícia Federal apreendeu uma arma, munições , dinheiro e um computador — Foto: Polícia Federal Com os criminosos, a Polícia Federal apreendeu uma arma, munições , dinheiro e um computador — Foto: Polícia Federal

Com os criminosos, a Polícia Federal apreendeu uma arma, munições , dinheiro e um computador — Foto: Polícia Federal

De acordo com a PF, os criminosos utilizavam uma placa de computador que foi levada da Casa do Trabalhador de Parauapebas. Com ela, os presos tinham acesso ao sistema do Seguro Desemprego e faziam as inserções para a realização do pagamento do benefício de forma irregular. Segundo a polícia, estimasse que o prejuízo inicial apurado é de R$ 3 milhões aos cofres públicos.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE