Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Recitais de violões e flauta doce finalizam apresentações do curso de música da Escola de Artes

Depois de apresentarem o recital de musicalização infantil, as crianças se despedem de 2018 com apresentação nesta quarta-feira 5 .

 
 -   head  meta charset 'utf-8 link rel 'preconnect' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'dns-prefetch' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'prec
head meta charset 'utf-8 link rel 'preconnect' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'dns-prefetch' href 'https://cocoon.globo.com link rel 'prec

A noite desta quarta-feira (5) será um momento especial para as crianças que passaram um longo período se preparando durante o curso de música da Escola de Artes Emir Bemerguy. Depois do 1º recital de musicalização infantil, realizado na terça-feira (4), é a hora de finalizar as programações do curso com o recital de violões e de flauta doce.

A programação desta quarta será a partir das 19h30. A entrada é gratuita. Os recitais são a culminância das atividades de 2018 na escola. Este ano, a direção e os professores resolveram fazer uma mostra diferente em relação aos anos anteriores, curso por curso.

"É a primeira vez que fazemos nesse formato, com repertório bastante variado, onde as crianças realizaram a sua primeira apresentação", contou a coordenadora da instituição, professora Monique Marinho.

As apresentações são destinada, além dos pais e público interno da escola, para a comunidade em geral que tem interesse pela música e dança. De acordo com Monique, o público de alunos é bem variado. São alunos da cidade, do planalto e até da região de rios que participam de algumas formações temporárias.

Depois de recitação de musicalização infantil, será apresentado recital de violões e de flauta doce nesta quarta-feira (5) — Foto: Mauro Nayan/Ascom Prefeitura de Santarém/Divulgação Depois de recitação de musicalização infantil, será apresentado recital de violões e de flauta doce nesta quarta-feira (5) — Foto: Mauro Nayan/Ascom Prefeitura de Santarém/Divulgação

Depois de recitação de musicalização infantil, será apresentado recital de violões e de flauta doce nesta quarta-feira (5) — Foto: Mauro Nayan/Ascom Prefeitura de Santarém/Divulgação

A coordenadora disse que de 300 alunos, quando o grupo iniciou suas atividades, em 2017, atualmente são 1.600 atendidos nos diversos cursos ofertados pela escola. Na área da música, a escola oferta os cursos de musicalização, flauta doce, canto coral e violão; na dança, entre outros cursos: balé e sapateado.

Além disso, a escola também oferece artes plásticas e os cursos itinerantes com atividades lúdicas nas escolas do município. "Todo esse trabalho é desenvolvido por uma equipe formada por apenas 50 profissionais", afirmou.

Ela explicou que foi necessário fazer uma reestruturação na carga horária dos alunos, reduzindo de uma hora e meia para uma hora/aula, duas vezes por semana para atender maior quantidade de turmas, e que uma nova sala de dança está sendo planejada. Além disso, a escola teve que ampliar a sua jornada ao período noturno. Antes a escola funcionava até às 17h, e agora até às 21h30.

A secretária de Educação de Santarém, Mara Belo, ressaltou que a escola trabalha também com atividades complementares da Semed, com os alunos da rede municipal e atende a demanda da comunidade. "Essa escola atende um público bem abrangente, com faixa etária que vai de 5 a 60 anos de idade. São atividades muito importantes, inclusive de resgate e revelação de talentos, por meio do aprimoramento das artes", ressaltou.

Cemyra Nascimento estava prestigiando a apresentação da filha e disse que as atividades desenvolvidas pela Escola de Artes são positivas do ponto de vista pedagógico e de ocupação das crianças e das pessoas da melhor idade. "Aqui estão matriculados a minha filha e a minha mãe: a minha filha faz musicalização e a minha mãe faz artes plásticas", frisou.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE