Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Procurador denuncia falta de fiscalização na escolha dos candidatos ao cargo de procurador-geral do estado

Justiça suspendeu o envio dos nomes, devida denúncia de vícios na votação feita pela internet na última terça-feira, 4.

 

A justiça concedeu o mandado de segurança e também mandou suspender o envio dos nomes mais votados ao cargo de procurador-geral do Ministério Público do Estado, para o governador Simão Jatene. A decisão atende ao pedido do procurador Nelson Medrada, que denuncia vícios na votação feitas pela internet no dia 4 de dezembro. Segundo o procurador, não houve oportunidade de fiscalização por nenhum dos candidatos.

A lista com os nomes dos três procuradores mais votados foi encaminhada ao governador, para que sejam definidos quais dos três será o novo titular do MP. No despacho da desembargadora Nadja Nara Cobra Meda, é citado questionamentos acerca da ligação do sistema de votação com a internet - possibilitando a gravação em vídeos e fotos, o que é proibido - e a ausência de técnicos do Conselho Nacional do MP.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do G1 Pará no (91) 98814-3326

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE