Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

POLÍTICA

Mauro anuncia empresário na Casa Civil, vereador na Saúde e outros 3 nomes

 
O governador eleito Mauro Mendes (DEM) anunciou cinco dos nomes que irão comandar as secretarias de Estado em sua gestão, que terá início em janeiro de 2019.

Para a Educação, foi escolhida Marioneide Angélica Kliemaschewsk, que já comanda a Pasta. A secretária foi aproveitada pelo governador Pedro Taques (PSDB), logo após ela deixar a Prefeitura de Cuiabá, onde foi adjunta e comandou a Educação na gestão do democrata.

Na Saúde, o vereador por Cuiabá Gilberto Figueiredo, que faz parte da equipe de transição e é um dos homens de confiança de Mauro. Ele também foi secretário municipal de Educação e deixou a Pasta para disputar a Câmara Municipal.

Na Casa Civil, o empresário Mauro Carvalho, também da equipe de transição e um dos mais influentes nomes que rodeiam Mauro. Na Infraestrutura, o governador confirmou o engenheiro Marcelo de Oliveira, o Marcelo Padeiro, que também foi secretário municipal na Gestão Mauro.

Na Segurança, Mauro traz de volta o delegado Alexandre Bustamante, que já ocupou a mesma secretaria na Gestão Silval e, depois, assumiu a presidencia da Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (Arsec), criada no mesmo período em que o democrata esteve no Palácio Alencastro.

Segundo a assessoria de Mauro, a definição se baseou em critérios que atendem ao interesse público, como a capacidade técnica, conhecimento setorial e também o perfil proativo. "Esses nomes possuem conhecimento, confiança, capacidade de gestão, entendem do setor e acima de tudo eles têm a vontade de trabalhar para nos ajudar a enfrentar os enormes desafios da próxima gestão".

A escolha também foi alicerçada nos trabalhos feitos pela Comissão de Transmissão, que estão sendo apresentados a Mauro nesta semana. Os grupos da Comissão fizeram um profundo diagnóstico da situação do Estado em todas as áreas, permitindo a Mauro avaliar qual o melhor perfil para o comando das unidades.

"As informações que fui recebendo da Comissão de Transmissão me ajudaram a compreender os desafios e planejar os objetivos para Mato Grosso em cada secretaria", citou.

A expectativa é de que até o próximo dia 15, Mauro conclua sua equipe. Ainda faltam os nomes para as secretarias de: Planejamento e Gestão; Justiça; Cidadania, Assistência Social e Direitos Humanos; Cultura Turismo, Esporte e Lazer; Fazenda; Meio Ambiente; Ciência, Tecnologia e Inovação; e Desenvolvimento Econômico. Além da Controladoria Geral (CGE) e Procuradoria (PGE).


RDNews

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE