Agricultura

Agricultura

Fechar
PUBLICIDADE

HF BRASIL

HF BRASIL: El Niño pode ocorrer em 2019, mas em menor intensidade

 
Cepea, 12/02/2019 – Se o El Niño, fenômeno que provoca chuvas acima da média no Sul do Brasil, mas reduz o volume no Norte e no Nordeste, ocorrer neste verão, especialistas em clima afirmam que será de baixa intensidade. A equipe da revista Hortifruti Brasil, do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, conversou com especialistas em clima para avaliar este cenário e os possíveis efeitos sobre a produção de 13 frutas e hortaliças, se o El Niño se consolidar.

 

De modo geral, especialistas afirmam que, caso o fenômeno seja observado, não será nada comparado com sua última ocorrência em 2015 e 2016, quando gerou grandes impactos para os setores de frutas e hortaliças no Brasil e no mundo, conforme publicado na edição de fevereiro de 2017. No entanto, pesquisadores adiantam: embora o El Niño tenda a ser fraco em 2019, isso não deve reduzir as preocupações, sobretudo no Nordeste.

 

Em 2015 e 2016, a falta de água era intensa nas regiões hortifrutícolas no Sudeste, em geral, e reforçou ainda mais a crise hídrica no Nordeste. Já no Sul, no mesmo período, era a chuva em excesso que causava estragos à produção. Assim, no verão de 2019, ainda não devem ser observadas secas rigorosas no Nordeste nem chuvas torrenciais no Sul.

 

De fato, um maior volume de chuva foi registrado em novembro e dezembro de 2018, o que amenizou a situação hídrica no Nordeste. Esse cenário, entretanto, ainda requer atenção para mais um ano de água limitada, já que a previsão é de chuva abaixo da média nos primeiros meses do ano nessa região. Já no Sul, a umidade em excesso poderia resultar em quedas de produtividade e qualidade. Independente se irá chover ou não em sua horta, é importante ficar alerta e monitorar o comportamento do clima e seus impactos na produção. 

 

Clique aqui para acessar a revista completa!

 

A As informações são do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada - CEPEA-Esalq/USP.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE