Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

POLÍCIA

Funcionários de Distrito Sanitário são feitos ''reféns'' por indígenas em bairro nobre de Cuiabá

 
Funcionários do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI), localizado no bairro Goibeiras, em Cuiabá, estariam sendo feitos “reféns“ por índios, desde o início da manhã desta terça-feira (14). Uma equipe da Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam) foi acionada e está no local tentando uma negociação. Eles pedem a saída do coordenador.

Segundo o apurado pela reportagem,  são aproximadamente 50 indígenas de Juina e Brasnorte, da etnia Enawenê Nawê. Eles estão no local com servidores, que foram proibidos de deixar a unidade. A unidade conta com 120 servidores.

Os índios estão reivindicando a saída do coordenador de saúde indígena, Argon Norberto Hachmann. Por enquanto, apesar dos servidores estarem trancados dentro da unidade, a situação é tranquila, segundo a Polícia Militar.

Ao OD Argon relatou que estava em uma agenda e que está retornando ao local para conversar com os índios. Além disto, ele confirmou que um dos pontos contestados pelos indígenas é a demissão de um enfermeiro.

"Foi feita a realocação de um enfermeiro, mas ele recusou a ir para onde foi designado, sendo assim, acabou demitido. Como gestor, preciso tomar atitudes e tentar pacificar a situação. Infelizmente os indígenas estão sendo manipulados. Ele fala a língua deles muito bem e acaba gerando esta situação de cárcere privado", explicou.

O coordenador ainda acrescenta que existe um protocolo para estar situações e que a Polícia Federal já foi acionada para seguir até o local. "O que ocorre é um disputa entre três etnias. Eles têm dificuldades para entender processos burocráticos, é preciso um trato diferenciado".

O Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) é a unidade gestora descentralizada do Subsistema de Atenção à Saúde Indígena (SasiSUS). Trata-se de um modelo de organização de serviços – orientado para um espaço etno-cultural dinâmico, geográfico, populacional e administrativo bem delimitado –, que contempla um conjunto de atividades técnicas, visando medidas racionalizadas e qualificadas de atenção à saúde, promovendo a reordenação da rede de saúde e das práticas sanitárias e desenvolvendo atividades administrativo-gerenciais necessárias à prestação da assistência, com o Controle Social.


Olhar Direto

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE