Esportes

Esportes

Fechar
PUBLICIDADE

Esportes

Captação de incorporadora por crowdfunding entra na reta final e já ultrapassa valor mínimo planejado

 
Fachada ALL Liberdade -   / Divulgação Bracon
Fachada ALL Liberdade / Divulgação Bracon / Divulgação Bracon

Em pouco mais de 20 dias, a paulistana Bracon atraiu investidores na faixa entre R$ 1 mil e R$ 100 mil e aplicará recursos no lançamento de um empreendimento de conceito Minha Casa, Minha Vida, no bairro da Liberdade

 

São Paulo – Até mesmo as incorporadoras imobiliárias, tradicionais clientes dos bancos na hora de obter recursos para investir em lançamentos, passaram a buscar nas fintechs meios alternativos de financiamento. É o caso da paulistana Bracon, que acaba de aderir ao chamado financiamento aberto, conhecido como crowdfunding, para angariar a verba de marketing do empreendimento ALL Liberdade, com VGV de R$ 40 milhões, que chega ao mercado este mês. Até a manhã de hoje, o valor captado ultrapassava R$ 700 mil.

 

De acordo com o sócio diretor da Bracon, Alon Nussbacher, a empresa, que planeja colocar no mercado imóveis com VGV da ordem de R$ 600 milhões, de agora aos próximos meses, manterá sua política de obter recursos através do financiamento aberto. Na primeira operação do gênero, a Bracon contratou à fintech Blox, pioneira e especialista em crowdfunding imobiliário.

 

“Foi uma experiência de sucesso que deverá se repetir nos próximos lançamentos. Já temos à mão boa parte da verba de marketing para lançar o ALL Liberdade no mês que vem”, diz Nussbacher. Segundo o empresário, o valor mínimo estimado para a operação era de R$ 680 mil. “Acreditamos que até o final desta semana, quando se encerra o primeiro período contratado, chegaremos entre R$ 850 mil e 1 milhão”, acrescenta ele.

 

Para Nussbacher, o financiamento aberto tornou-se uma opção altamente atrativa para investidores, “sobretudo aos pequenos investidores”, diz, “e que também permite à empresa obter recursos de forma mais competitiva na comparação aos bancos”.

 

No crowdfunding do ALL Liberdade, investidores podem adquirir cotas entre R$ 1 mil e R$ 100 mil. A Bracon oferece uma rentabilidade buscada de 18% ao ano, que hoje equivale a mais de 280% do CDI. O contrato de investimento funciona como uma operação de empréstimo, na qual os juros variam conforme o valor de venda do metro quadrado do empreendimento com 258 unidades.

 

Nussbacher afirma que o ALL Liberdade tem alto potencial de vendas. Os imóveis serão vendidos a partir de R$ 149 mil e financiados ao comprador pelo programa Minha Casa, Minha Vida. “Fora a localização junto a três estações de metrô, shoppings e hospitais, perto da Paulista, o empreendimento conta com atrativos incomuns nos projetos da categoria, como lazer completo e piscina, fitness, bicicletário, lavanderia, playground e brinquedoteca, por exemplo.

 

Mais informações: https://www.bloxs.com.br/

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE