Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Cinco UBS'''s são alvos de bandidos nos últimos dois meses em Santarém

Medidas para conter as invasões estão sendo tomadas pela Semsa e Polícia Militar.

 
 -   /
/ /

Nos últimos dois meses, cinco Unidades Básicas de Saúde de Santarém, no oeste do Pará, foram alvos de bandidos. O último caso foi registrado na UBS do Diamantino. O invasor não levou nada, mas entrou em luta corporal com o vigia e quebrou objetos da unidade.

Os casos assustam funcionários, pacientes e a vizinhança dessas UBS's. Eles relatam que não há um sistema de segurança adequado para as unidades.

De acordo com o comerciante Davi Moura, que atua perto da unidade do bairro Diamantino, o local deveria ter uma melhor iluminação e as janelas poderiam ser reforçadas, uma vez que são fáceis de abrir.

“A rua fica escura à noite e as janelas por serem de alumínio são fáceis de abrir, precisamos de uns refletores na rua e grades nas janelas”, ressaltou.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) começou a tomar algumas providências de segurança, depois que as UBS's Área Verde, Diamantino, Maracanã, Santa Clara e Santarenzinho foram invadidas.

O responsável pelo setor de manutenção da Semsa, Alexandre Ribas, disse que a primeira UBS a receber as grades é da Área Verde.

“Essa UBS foi alvo dos bandidos ainda em construção, por isso, já foi incluso na finalização da obra grades nas janelas, portas e muros para dificultar a entrada dos invasores”, explicou

Depois da invasão na UBS Diamantino, a Semsa solicitou mais apoio policial. De acordo com o capitão da Polícia Militar, Arthur Vasconcelos, com aproximação maior da administração, eles poderão fazer um trabalho mais específico de ronda.

“Nós já fazemos as visitas de prevenção periódica, então trocamos os contatos e eles poderão nos ligar. Se notarem algo suspeito, entrarão em contato direto com a gente, então vamos deslocar a viatura”, disse o capitão.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE