Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Jovens de Terra Santa, Oriximiná e Faro aprendem técnicas de fotografia em dispositivos móveis

O tema foi abordado em oficina de educacomunicação pela Equipe de Conservação da Amazônia Ecam .

 
 -   /
/ /

Cerca de 100 Jovens, representantes de organizações sociais e conselhos dos municípios de Terra Santa, Faro e Oriximiná, oeste do Pará, participaram no período de 12 a 15 de junho de uma oficina que abordou o tema "Fotografia em dispositivos móveis", promovida pela Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam).

A oficina que faz parte das ações voltadas à educomunicação teve início em 2018, e tem por objetivo promover o fortalecimento institucional das organizações dos três municípios, empoderamento e uso das ferramentas gratuitas da comunicação disponibilizadas na internet (blogs, sites, mídias e redes sociais), fomento e geração de renda.

De acordo com a Ecam, entre as oficinas ministradas em educomunicação estão a produção de texto e roteiro para produção audiovisual, produção e edição de vídeos com aplicativos gratuitos, criação de páginas na web, mídias e redes sociais, marketing digital (Digital influencer) e fotografia em dispositivos móveis.

“Nós alcançamos mais de 700 jovens que chegam meio tímidos, que após as oficinas soltam a criatividade, falam sobre temas que são atuais e estão no mundo virtual. Com as oficinas a gente fala também de cidadania, ética, riscos e oportunidades que a internet e as rede social nos disponibiliza”, enfatizou a coordenadora das ações em educomunicação, Martha Costa.

Oficina sobre fotografia em dispositivos móveis, no município de Oriximiná — Foto: Ascom Ecam/Divulgação Oficina sobre fotografia em dispositivos móveis, no município de Oriximiná — Foto: Ascom Ecam/Divulgação

Oficina sobre fotografia em dispositivos móveis, no município de Oriximiná — Foto: Ascom Ecam/Divulgação

As técnicas para se obter fotografias com qualidade em dispositivos móveis foram repassadas pelo presidente do FotoClube Tapajós, Ádrio Denner.

“A fotografia é um instrumento de comunicação e de fato dialoga com inúmeras vivências. Frisamos nas oficinas esse diálogo que vai além do processo técnico. É importante entendermos a responsabilidade que cada um de nós possui no processo da construção da imagem, e nos dias de hoje é o elemento com um grande diálogo. Fiquei muito feliz com a participação de todos que entenderam que a fotografia vai além do processo técnico e que ela está inserida em tudo que vemos, ouvimos e sentimos”, ressaltou Ádrio.

O presidente da Ecam, Vasco Van Roosmalen destacou que as oficinas fazem parte de uma estratégia desenvolvida pelo Programa Territórios Sustentáveis nos eixos Quilombolas e Capital Social para envolver os jovens no dia a dia das associações, sindicatos, conselhos, grupos e organizações.

“Nós já havíamos pensado como envolver os jovens com atividades realizadas pelo Programa Territórios Sustentáveis nos três municípios e a partir de um diagnóstico participativo surgiu a ideia de trabalhar a tecnologia que é algo muito atual e que faz parte da vida deles. Com a Educomunicação a gente consegue trazer os jovens para as oficinas e faz com que eles pensem no bom uso dessas tecnologias”, finalizou Vasco.

As oficinas em educomunicação contam com apoio financeiro da Mineração Rio do Norte (MRN) e Usaid em parceria com as prefeituras de Terra Santa, Faro e Oriximiná.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE