Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Projeto de criação do '''Dia do Orgulho Hétero''' é rejeitado pela Câmara Municipal de Belém

A proposta do vereador Sargento Silvano PSD teve dois votos a favor, 21 contra e uma abstenção.

 
 -   /
/ /

Um projeto de criação do Dia do Orgulho Heterossexual foi rejeitado nesta quarta-feira (26) na Câmara Municipal de Belém. A proposta do vereador Sargento Silvano (PSD) recebeu dois votos a favor, 21 votos contra e uma abstenção.

Em discurso na Câmara, o autor da proposta disse estar envergonhado com a decisão da maioria dos vereadores, afirmando que "votaram contra a família". "Política e religião não combinam (...), mas eu trouxe um projeto para honrar o homem e a mulher, e foi rejeitado", disse.

Para o coordenador estadual da Rede Gay Brasil, Beto Paes, "o dia do orgulho é para lembrar a sociedade sobre o combate à alguma opressão" e "não pode ser criado para um grupo que tem privilégios na sociedade, pois ela já é heteronormativa, em sua maioria".

"O hétero não sofre preconceitos". Assim como o Dia da Mulher é para lembrar das lutas contra o machismo; o Dia da Consciência Negra, contra o racismo, o dia do orgulho da população LGBTI é contra os preconceitos que essa comunidade sofre diariamente. É necessário que os parlamentares possam construir projetos que venham a atender realmente a população, ao invés de projetos apenas para criar polêmica", afirmou Beto Paes.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE