Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Entrega de mísseis russos à Turquia continua, apesar de advertências dos EUA

A medida pode trazer sanções dos americanos e ameaçar aliança militar do Ocidente, a Otan, que considera que sistema não deveria ser usado por um membro da organização.

 
 -   /
/ /

A Rússia continuou, neste sábado (13), a entregar mísseis S-400 à Turquia apesar das advertências do governo dos Estados Unidos, onde vários membros do Congresso pediram sanções, anunciou o Ministério da Defesa turco.

Após o início do processo, nesta sexta-feira (12), Washington considera que existe risco de que, com a compra de sistemas russos por Ancara, os militares da Rússia possam acessar os segredos tecnológicos do novo caça americano F-35, que a Turquia quer comprar.

Os Estados Unidos estimam também que os S-400 não são compatíveis com os dispositivos de identificação de alvos da Otan, aliança de defesa à qual a Turquia pertence.

Vários membros do Congresso americano, tanto republicanos quanto democratas, exigiram a anulação das entregas de caças F-35 a Ancara e sanções contra as autoridades turcas envolvidas no acordo com a Rússia.

Até agora, porém, o governo turco ignorou todas as advertências, e na quarta-feira passada pediu a Washington para não tomar medidas que possam "prejudicar as relações" bilaterais.

Turquia recebe o primeiro lote do sistema de defesa antimísseis S-400 da Rússia

Turquia recebe o primeiro lote do sistema de defesa antimísseis S-400 da Rússia

Imagem feita nesta sexta-feira (12) em Ancara, na Turquia, mostra veículos militares que descarregaram mísseis russos S-400  — Foto: AP Imagem feita nesta sexta-feira (12) em Ancara, na Turquia, mostra veículos militares que descarregaram mísseis russos S-400  — Foto: AP

Imagem feita nesta sexta-feira (12) em Ancara, na Turquia, mostra veículos militares que descarregaram mísseis russos S-400 — Foto: AP

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE