Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Ambulante é condenado por matar mototaxista a pauladas em Belém

O ambulante confessou o crime e foi condenado a seis anos de reclusão.

 

Um ambulante foi condenado a seis anos de reclusão pelo assassinato de um mototaxista em Belém. Inicialmente a pena prevista era de sete anos, mas foi reduzida em um ano após o acusado confessar o crime. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira (16).

O crime aconteceu em outubro de 2015, no Bar da Praça do Tapanã, no Conjunto Tapajós, em Belém. De acordo com o acusado, a vítima e dois amigos estavam embriagados e tentaram o agredir com uma faca e um pedaço de madeira. A versão do réu é de que ele conseguiu pegar o pedaço de madeira das mãos da vítima e o golpeou na cabeça.

O defensor público do ambulante alegou que ele teria agido em legítima defesa mas o argumento não foi acolhido pelos jurados da sessão.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE