Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Preço do pescado apresenta queda pelo 4º mês consecutivo em Belém, aponta Dieese/PA

Apesar da queda, os preços estão em alta comparado aos últimos doze meses.

 
 -   /
/ /

Pelo quarto mês consecutivo, desde junho, o preço da maioria dos pescados comercializados em mercados municipais de Belém apresentou queda, de acordo uma pesquisa conjunta realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socieconômicos (Dieese/PA) e Secretaria de Economia de Belém (Secon/PMB). Os resultados foram divulgados nesta segunda-feira (14).

A pesquisa, efetuada semanalmente nos mercados de Belém, coletou o preço de 38 tipos de pescados mais consumidos, além do camarão regional e caranguejo. De acordo com o estudo, os pescados que mais apresentaram quedas nos preços foram a pratiqueira, com queda de 11,26%, o cachorro de padre, com queda de 10,47% e xaréu, com 8,40% de recuo.

O balanço apontou, no entanto, que a maioria dos pescados ainda apresentam altas de preços, no comparativo entre janeiro e setembro deste ano com o dos últimos doze meses. Ainda segundo a pesquisa, alguns preços sofreram aumento de preços, com destaque para a tainha, com aumento de 7,57%; seguida da arraia, com 4,38%; e corvina, com alta de 3,80%.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE