Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

POLICIA

Preso homem que manteve a namorada em cárcere privado

 

A equipe de policiais lotados na Delegacia de Polícia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Caldas Novas, coordenados pelo Delegado Rodrigo Pereira, efetuou, na manhã de hoje (7), a prisão temporária de S. F. S. Ele é investigado pelos crimes de lesão corporal e cárcere privado, caracterizados como violência doméstica e familiar, cometidos em face da vítima, com quem ele mantém um relacionamento amoroso.

De acordo o apurado, no último dia 25 de setembro, numa propriedade situada na zona rural do município de Caldas Novas, o autor agrediu sua companheira e, em seguida, a amarrou com as mãos para trás, jogando-a no chão da residência, onde a vítima, vestida apenas de calcinha, permaneceu das 23 às 06 horas do dia seguinte.

Durante todo o tempo em que a mulher esteve em cárcere privado, nas condições acima descritas, o agressor ficou sentado numa cadeira de fio, a ingerir bebidas alcoólicas, enquanto vasculhava o aparelho celular pertencente a ela, promovendo um verdadeiro “interrogatório ilegal e desumano”, em busca de supostas traições.

Somente no raiar do dia, S. F. S. pegou seus pertences pessoais e fugiu do local, deixando para trás a vítima, que, depois de algum tempo, conseguiu se soltar e buscou ajuda, noticiando os fatos na Deam.

A Polícia Civil procedeu à representação pela prisão temporária do investigado, a qual foi efetuada na presente data, em uma fazenda localizada no município de Pires do Rio. Após a realização do ato de interrogatório policial, S. F. S. foi encaminhado à unidade prisional de Caldas Novas, onde permanecerá até ulterior decisão judicial.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE