Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Mais de 60 tartarugas em perigo de extinção desaparecem de zoológico no Japão

A administração do zoológico de Okinawa teme que os animais tenham sido furtados para serem vendidos como pets no mercado negro.

 
 -   /
/ /

Mais de 60 tartarugas de espécies ameaçadas de extinção desapareceram de um zoológico de Okinawa, no Japão, de acordo com informações divulgadas pelo governo local nesta quinta-feira (7).

"Nós as alimentamos duas vezes por semana, e um dos responsáveis observou que seu número havia diminuído significativamente", disse à AFP Kozue Ohgimi, chefe da seção de zoológicos e museus de Okinawa, no sul do Japão.

A administração do zoológico teme que as tartarugas tenham sido roubadas para serem vendidas como animais de estimação no mercado negro.

"Elas são negociadas a preços altos", disse Ohgimi.

Alguns exemplares da tartaruga-de-folhas-pretas, também conhecida como Ryukyu, desapareceram do zoológico de Okinawa, no Japão — Foto: Handout / Okinawa Zoo & Museum / AFP Alguns exemplares da tartaruga-de-folhas-pretas, também conhecida como Ryukyu, desapareceram do zoológico de Okinawa, no Japão — Foto: Handout / Okinawa Zoo & Museum / AFP

Alguns exemplares da tartaruga-de-folhas-pretas, também conhecida como Ryukyu, desapareceram do zoológico de Okinawa, no Japão — Foto: Handout / Okinawa Zoo & Museum / AFP

As tartarugas são pequenas, não têm mais de 20 centímetros de comprimento. No total, 64 tartarugas, 15 da espécie Ryukyu e 49 tartarugas de cabeça dourada desapareceram.

Ambas espécies estão na lista vermelha de espécies ameaçadas da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês) e também foram classificadas como "tesouros nacionais" pela Agência Japonesa de Assuntos Culturais, que proíbe seu comércio no país.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE