Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Avião monomotor desaparece em pouso no Rio Tapajós e operação é montada para localizá-lo, no Pará

Aeronave havia decolado há poucos minutos do Aeroporto Wilson Fonseca, em Santarém, quando piloto entrou em contato com a torre de controle e informou sobre o pouso de emergência.

 
 -   /
/ /

Um avião monomotor despareceu após um pouso de emergência no Rio Tapajós na tarde desta terça-feira (12). A aeronave havia decolado do Aeroporto Wilson Fonseca, em Santarém, no oeste do Pará, e minutos depois o piloto acionou a torre de controle e informou sobre problemas no avião.

O modelo da aeronave é um Cessna 210 e, de acordo com informações apuradas pelo G1, havia apenas o piloto dentro da aeronave, identificado como Paulo Viana, que iria fazer um pouso na praia de Pindobal, no município de Belterra.

Socorristas do Samu foram para praia de Pindobal para prestar socorro ao piloto do avião — Foto: Kamila Andrade/G1 Socorristas do Samu foram para praia de Pindobal para prestar socorro ao piloto do avião — Foto: Kamila Andrade/G1

Socorristas do Samu foram para praia de Pindobal para prestar socorro ao piloto do avião — Foto: Kamila Andrade/G1

Equipes do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), Corpo de Bombeiros e Marinha do Brasil foram deslocadas para a área e montaram uma operação para localizar o avião e o piloto. O chamado foi feito pelo Núcleo Integrado de Operação que informou que a aeronave de pequeno porte tinha apresentado problemas e feito o pouso de emergência.

Às equipes, moradores relataram que viram o avião descer rápido próximo à ponta do Muretá, que fica na faixa de areia das praias de Alter do Chão.

Equipes da Marinha do Brasil integram operação para resgatar piloto desaparecido no Rio Tapajós — Foto: Kamila Andrade/G1 Equipes da Marinha do Brasil integram operação para resgatar piloto desaparecido no Rio Tapajós — Foto: Kamila Andrade/G1

Equipes da Marinha do Brasil integram operação para resgatar piloto desaparecido no Rio Tapajós — Foto: Kamila Andrade/G1

Comunicação pós-pouso

Após o pouso, Paulo conseguiu ligar para um amigo e informar a localização de onde o pouso ocorreu. O piloto disse ainda que estava bem, não tinha ferimentos, e que aguardava resgate às margens do rio.

*Esta matéria está sendo atualizada

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE