Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Ministério da Saúde premia projeto do Hospital Metropolitano pioneiro no país

 

Ministério da Saúde premia projeto do Hospital Metropolitano pioneiro no país

Hospital Metropolitano é o único do país com laboratório para produção de órteses de baixo custo

O Laboratório de Tecnologia Assistiva (Labta) do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE) recebeu o prêmio InovaSUS, na categoria Gestão Solidária, concedido pelo Ministério da Saúde. 

O Labta concorreu com outras 193 iniciativas de todo o Brasil. Com a conquista, o projeto vai receber R$ 250 mil. Os recursos serão destinados à Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará. A cerimônia de premiação será realizada no próximo dia 20, em Brasília.

A Comissão Avaliadora do Prêmio InovaSUS 2019 aferiu os benefícios do laboratório no Sistema Único de Saúde (SUS). O HMUE é uma unidade do Governo do Pará, gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, e o único Hospital do país com laboratório que produz órteses de baixo custo.

O diretor Operacional da Pró-Saúde no Pará, Rogério Kuntz, ressalta que o projeto é mais uma ferramenta gerencial desenvolvida pela Unidade e baseada na aplicação eficiente dos recursos públicos. “Uma ação para avançarmos, com sustentabilidade, na contraprestação de serviços de qualidade aos pacientes”, destacou Rogério Kuntz.

O Laboratório de Tecnologia Assistiva foi inaugurado no último mês de junho para atender, sob encomenda, vítimas de traumatismo e queimaduras que precisam de órteses para imobilização de partes do corpo e recuperação de movimentos pós-alta. Desde sua criação em fase piloto, o projeto já beneficiou 230 pacientes com o fornecimento de 310 dispositivos de tecnologia assistiva.

“O laboratório tem grande impacto na reabilitação de nossos pacientes. Tal trabalho tem benefícios terapêuticos, proporciona maior conforto, reduz a dor e o tempo de internação. A iniciativa merece o reconhecimento aos terapeutas ocupacionais que desempenham um papel essencial na recuperação dos pacientes”, analisa do diretor Hospitalar do HMUE, Itamar Monteiro.

A equipe de reabilitação do Hospital é formada por fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e fonoaudiólogos. “Conquistar o InovaSUS 2019 é um reconhecimento importante. Para cada paciente beneficiado, percebemos que é possível fazer mais com menos e levar qualidade com responsabilidade”, observa o coordenador de Reabilitação do HMUE, Rafael Araújo.

Elchides Nunes, um dos pacientes atendidos no HMUE com 90% do corpo queimado em um acidente com gás de cozinha, há um ano, foi um dos beneficiados com a utilização das órteses, que utiliza em seus dois braços. “Sou muito grato a oportunidade de participar deste projeto que está, não só me ajudando, mas a todos os outros pacientes que necessitam. A utilização da órtese me deu mais vida e o que eu não conseguia fazer antes, como abraçar minha filha, hoje já consigo”, revela Elchides.

Baixo custo e produção personalizada

Inaugurado em junho deste ano, o Labta (Laboratório de Tecnologia Assistiva) do HMUE é o único existente no Brasil. O espaço amplia o atendimento de vítimas de traumatismo e queimaduras que precisam de órteses para imobilização de partes do corpo e recuperação de movimentos pós-alta e foi estruturado de forma a garantir eficiência, principalmente pela substituição da matéria-prima: o termoplástico de baixa temperatura pelo PVC (policloreto de vinil).

Sobre o HMUE

Referência no tratamento de média e alta complexidades em traumas e queimados para a região Norte pelo Sistema Único de Saúde (SUS), o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), localizado em Ananindeua (PA), dispõe de 198 leitos operacionais nas especialidades de traumatologia, cirurgia geral, neurocirurgia, clínica médica, pediatria, cirurgia plástica exclusiva para pacientes vítimas de queimaduras, além de leitos de UTI.

O HMUE recebe pacientes da Região Metropolitana de Belém, de diferentes municípios do Pará e também de outros estados. Em 2018, realizou mais de meio milhão de atendimentos, entre internações, cirurgias, exames laboratoriais e por imagem, atendimentos multiprofissionais e consultas ambulatoriais.

Sobre a Pró-Saúde   

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de 11 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE