Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Hospital Materno-Infantil de Barcarena é reconhecido nacionalmente por projetos de sustentabilidade

 

Hospital Materno-Infantil de Barcarena é reconhecido nacionalmente por projetos de sustentabilidade

O Hospital Materno-Infantil de Barcarena Dra. Anna Turan (HMIB), unidade hospitalar mantida pelo Governo do Estado e gerenciada pela Pró-Saúde, recebeu o certificado de menção honrosa referente ao Prêmio Amigo do Meio Ambiente. O reconhecimento foi concedido ao hospital devido a ações de sustentáveis, promovida por meio dos projetos “Culinária Inteligente – Política de reaproveitamento" e "Pesquisa de Satisfação e Lista Digital com Tablet", produzidos por colaboradores da unidade.

As iniciativas do Materno-Infantil competiram com mais 140 projetos de 10 estados brasileiros. O Certificado de Menção Honrosa é uma demonstração da qualidade do trabalho desenvolvido na unidade, avaliado por uma comissão especializada. A solenidade de premiação foi realizada nesta terça-feira. 12/11, em São Paulo.

Simone Sakairi, nutricionista do Hospital Materno-Infantil, e supervisora do "Projeto Culinária Inteligente – Política de reaproveitamento", destaca que o projeto foi pensado para a melhoria do valor nutricional das refeições servidas na unidade hospitalar, além do intuito de reaproveitar alimentos, o que incide na redução de lixos orgânicos e minimiza impactos negativos no meio ambiente.

"No Materno-Infantil reutilizamos ingredientes de hortifruti, e contribuímos, assim, para novos hábitos e novas propostas de oferta de alimentos durante as refeições. Com essa prática sustentável, cooperamos ainda com o meio ambiente, pois a quantidade de lixo é reduzida e o desperdício evitado", declara.

No mês de outubro, mais de 15 mil refeições foram realizadas na unidade, utilizando, como complementos, ingredientes reutilizáveis, como talos, sementes, cascas de frutas e vegetais devidamente adequados à alimentação e aplicados à uma cozinha sustentável e criativa. 

Para Elizandra Barros, mãe da pequena Dávila, que está há oito dias acompanhando o processo de recuperação da filha no Hospital, a alimentação tem ajudado na produção de leite materno. "Estou no hospital, como acompanhante da minha filha, recebo todo dia seis refeições, e gosto da comida. Eles trazem diferentes pratos e sempre no horário certo. Isso é bom, porque eu me alimento melhor e, assim, posso amamentar com mais facilidade", relata a mãe.

Por meio do projeto "Pesquisa de Satisfação e Lista Digital com Tablet", os colaboradores otimizaram os formulários de pesquisas da unidade, facilitando a compilação de toda informação que gera dados estatísticos, informações para tomada de decisão e planos de ações.

Segundo o supervisor da área da de Tecnologia da Informação da unidade, Rodrigo Pelas, a medida implicou também na redução do consumo de papel no Materno-Infantil. Em média, 350 folhas eram utilizadas mensalmente para realizar listas de comparecimento dos colaboradores a cozinha, e para realização de pesquisas de satisfação sobre o cardápio e oferta de alimentos.

"Com o projeto conseguimos reduzir em 100% a utilização de papel para lista de presença e pesquisas, a partir da substituição do papel pelo tablet. Com isso, incentivamos os colaboradores a comparecerem mais ao almoço e ao jantar, devido a facilidade do processo e a aderência ao novo método de formulários eletrônicos foi positiva", afirma.

Amigo do Meio Ambiente

O Prêmio "Amigo do Meio Ambiente" é concedido anualmente pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo às organizações de saúde que compõem o SUS (Sistema Único de Saúde) em âmbito nacional e se destacaram por iniciativas de proteção ao meio ambiente e de sustentabilidade.

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 22 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE