Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Hospital no interior da Amazônia recebe Selo de Qualidade do Cofen

 

Hospital no interior da Amazônia recebe Selo de Qualidade do Cofen

A certificação reconhece as boas práticas da Enfermagem voltadas para a segurança do paciente e valoriza o atendimento prestado na unidade

O Hospital de Porto Trombetas (HPT), em Oriximiná (PA), gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, foi certificado com o selo de qualidade do Conselho Nacional de Enfermagem (COFEN). A certificação reconhece as boas práticas voltadas para a segurança do paciente.

O diretor da unidade, Sandro Renato Oliveira, ressalta a importancia desta conquista, que fortalece o trabalho de gestão e modernização que está em andamento na unidade. "É uma conquista de todos que vem trabalhando arduamente. Nossa responsabilidade agora só aumenta e pretendemos melhorar ainda mais nossos índices de qualidade”, afirmou Sandro Oliveira.

O Cofen é o órgão responsável por normatizar e fiscalizar o exercício da profissão de enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, zelando pela qualidade dos serviços prestados e pelo cumprimento da Lei do Exercício Profissional da Enfermagem no Brasil. A certificação de qualidade do Cofen reconhece e estimula o desenvolvimento dos profissionais de Enfermagem e a qualidade assistencial.

Por este motivo, as instituições que almejam o certificado, são avaliadas em seis dimensões: ações gerenciais sistêmicas, estrutura organizacional, aspectos operacionais, infraestrutura, gestão de pessoas e responsabilidade ambiental. Com mérito, o HPT alcançou 82,7%, na pontuação total de dimensões.

A avaliação da Comissão Nacional de Qualidade (CNQ) do Cofen constatou os avanços da unidade que investiu, em 2019, cerca de 1 milhão de reais, em modernização e ampliação de equipamentos, estrutura física e recursos humanos.

Para Cláudio Alves Porto, presidente do CNQ, a instituição desenvolve políticas de gestão de risco e segurança do paciente, programas organizacionais, sociais e de filantropia, políticas de investimento e gestão da qualidade, condizentes com que permeiam o selo.

Para a gerente de enfermagem do HPT, Ana Maria Cardoso, o hospital adotou medidas que transformaram positivamente os seus processos de gestão. Além disso, considerando a localização remota da unidade, situada no meio da floresta amazônica, foi uma alegria ter conhecido a iniciativa de qualidade. "A certificação confirmou que fazemos um trabalho de qualidade e de segurança com nosso usuário, reafirmando a importância da enfermagem no âmbito hospitalar", disse Ana Cardoso.

Selo de qualidade

O selo de qualidade Cofen busca incentivar ações em prol da segurança do paciente, alinhado às políticas de apoio do conselho, para o estímulo das iniciativas de programas da qualidade que contribuam com a assistência segura e eficaz. Visa minimizar, com isso, os riscos inerentes ao exercício profissional, além de estimular o desenvolvimento de iniciativas voltadas para a excelência da qualidade na assistência de enfermagem no país.

O programa também certifica modelos inovadores em gestão de riscos, segurança e educação, concedido a instituições de saúde, de formação superior e os Conselhos Regionais de Enfermagem. Além disso, o modelo inovador brasileiro vai certificar também os profissionais da Enfermagem e docentes que estão vinculados a essas instituições.

Sobre a Unidade

O Hospital de Porto de Trombetas foi criado em 1997 para atender os funcionários da mineradora Rio do Norte, e gerenciado desde então pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar. Longe de grandes centros, o distrito onde está localizado a instituição é uma área sem comunicação rodoviária, sendo o acesso à região feito por via fluvial e aérea. A unidade é referência para mais de 6 mil pessoas, com atendimento médico ambulatorial e de pronto atendimento gratuito para a população ribeirinha da região.

Com 22 leitos a unidade possui clínica médica, e atua em várias especialidades como ortopedia, cardiologia, ginecologia, pediatria, cirurgia geral e vascular, obstetrícia, medicina do trabalho, urologia, neurologia, dermatologia, oftalmologia, psiquiatria, fisioterapia, Traumatologia, anestesiologia, endocrinologia, otorrinolaringologia e realização de exames laboratoriais e diagnósticos por imagem

Uma das principais preocupações do hospital é com o respeito aos recursos naturais, a sustentabilidade é prática essencial na preservação da natureza e do meio ambiente. A unidade adota práticas sustentáveis, entre elas o descarte correto do lixo, coleta seletiva, tratamento do esgoto gerado e incentivo à economia de energia, a fim de minimizar os impactos ambientais causados por suas atividades.

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 21 cidades de 11 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE