Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Hospital Metropolitano moderniza ferramentas

Hospital Metropolitano moderniza ferramentas de gestão

 

Hospital Metropolitano moderniza ferramentas de gestão

Quando o paciente é recebido pelo Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua, a prioridade é realizar atendimento ágil e seguro para salvar a vida e reduzir possíveis sequelas. Com objetivo de aprimorar os processos internos, que influenciam diretamente no atendimento ao paciente, o HMUE iniciou, nesta quinta-feira (7), a modernização das ferramentas gerenciais utilizadas pelos colaboradores. Nesta etapa da capacitação, foram abordados temas como gestão aplicada na interação de processos, planos de ação e planejamento estratégico.

Em uma atividade lúdica, alusiva ao deslocamento aéreo e suas diferentes escalas e conexões, que se assemelha aos trâmites administrativos até à contraprestação de serviços aos pacientes, os gestores do Hospital Metropolitano foram atualizados sobre uma perspectiva sistêmica e compartilhada dos processos, procedimentos e responsabilidades. A ação foi desenvolvida pela Qualidade e Segurança do Paciente em parceria com o Núcleo de Educação Permanente (NEP) do HMUE.

A Pró-Saúde, entidade gestora do Hospital Metropolitano, está capacitando seus colaboradores para manutenção da maior Acreditação Hospitalar existente no país, fornecida pela ONA (Organização Nacional de Acreditação), uma das mais respeitadas do mercado de saúde no Brasil.

O Hospital Metropolitano alcançou no primeiro semestre de 2018, o primeiro nível da acreditação, ONA 1 - Acreditado, e está trabalhando para a manutenção desta conquista. “Enquanto gestor, é uma grande satisfação estimular e acompanhar de perto o desenvolvimento de um trabalho inovador, que tem como objetivo principal aprimorar a atividade fim do Hospital, que é salvar vidas”, ponderou o diretor Hospitalar da unidade, Itamar Monteiro.

O que é Acreditação?

A Acreditação Hospitalar é uma certificação de qualidade exclusiva para instituições de Saúde. Trata-se de um método de avaliação voluntário, periódico e de cada hospital, para garantir a qualidade da assistência por meio de padrões previamente definidos. Não é uma forma de fiscalização, mas um programa de educação continuada.

Na prática, é um padrão de alta qualidade e segurança assumido pelo hospital na realização da contraprestação de serviços, que vão desde o atendimento médico adequado, até a realização de serviços assistenciais e atendimento humanizado.

Sobre o HMUE
Referência no tratamento de média e alta complexidades em traumas e queimados para a região Norte pelo Sistema Único de Saúde (SUS), o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), localizado em Ananindeua (PA), dispõe de 198 leitos operacionais nas especialidades de traumatologia, cirurgia geral, neurocirurgia, clínica médica, pediatria, cirurgia plástica exclusiva para pacientes vítimas de queimaduras, além de leitos de UTI.
 
O HMUE recebe pacientes da Região Metropolitana de Belém, de diferentes municípios do Pará e também de outros estados. Em 2018, realizou mais de meio milhão de atendimentos, entre internações, cirurgias, exames laboratoriais e por imagem, atendimentos multiprofissionais e consultas ambulatoriais.
 
Sobre a Pró-Saúde
 
A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de 11 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.
 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE