Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Hábitos saudáveis

Hospital Materno-Infantil de Barcarena recebe primeira certificação nacional

 

Hospital Materno-Infantil de Barcarena recebe primeira certificação nacional

Selo Green Kitchen reconhece hábitos sustentáveis e boas práticas sociais e ambientais do serviço de nutrição da unidade

Com base em hábitos saudáveis e sustentáveis de alimentação, adotados pelo Hospital Materno-Infantil de Barcarena Dra. Anna Turan (HMIB), a unidade recebeu nesta semana o Selo Green Kitchen. Trata-se de uma certificação nacional que reconhece a oferta de um serviço de nutrição que tem como princípio boas práticas sociais e ambientais, além de responsabilidade na produção sustentável e na destinação adequada dos restos alimentares. O selo, que traduzido para o português seria algo como Cozinha Verde, é concedido pela Fundação para a Pesquisa em Arquitetura e Ambiente (Fupam). 

A unidade, gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), conta com o Serviço de Nutrição e Dietética (SND) que é responsável pela seleção, processamento, produção e distribuição dos alimentos. Por mês, mais de oito mil refeições são produzidas e ofertadas aos usuários, acompanhantes e colaboradores.

O diretor Hospitalar da unidade, Fábio Machado, destaca o envolvimento da equipe no processo de certificação. "O selo assegura um trabalho de qualidade e comprometimento que a equipe do setor desenvolve dentro do hospital. Nosso êxito vai além de boas práticas, contribuímos também com perspectivas sociais e ambientais para o futuro" afirma Machado. 

No HMIB, práticas como separação de resíduos, reaproveitamento de alimentos, cardápio planejado com inserção de verduras e legumes, e orientações de reeducação alimentar são aplicadas diariamente. A definição do menu é avaliada também pelos colaboradores por meio de pesquisa de satisfação.

A supervisora de Serviço de Nutrição e Dietética, Simone Sakairi, ressalta o planejamento voltado às mudanças de conscientização alimentar e adoção de práticas sustentáveis. "Utilizamos óleo de girassol em 100% das refeições, pois é mais saudável e treinamos toda a equipe acerca do descarte correto de resíduos. Também fazemos o reaproveitamento de cascas de frutas para sobremesas e buscamos proporcionar tipos de refeições saborosas, inclusive com ingredientes integrais. Dosamos as quantidades para equilibrarmos os gastos e incentivarmos o consumo de temperos naturais com fornecedores locais" explica.

Sobre o Materno-Infantil de Barcarena
Inaugurado no dia 21 de setembro de 2018, o Hospital Materno-Infantil de Barcarena Dra. Anna Turan está localizado na cidade de Barcarena, no Pará, 114 km distante da capital Belém. Mantida pelo Governo do Estado do Pará e gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, é uma unidade hospitalar pública que atende média e alta complexidades.

O público – alvo são mulheres gestantes e recém-nascidos. Sua abrangência inclui 11 municípios do Baixo Tocantins: Abaetetuba, Barcarena, Igarapé-Miri, Moju, Baião, Cametá, Limoeiro do Ajuru, Mocajuba, Acará, Ponta de Pedras e Oeiras do Pará.

Sobre a Pró-Saúde
A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de 11 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.
A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE