Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Coreia do Norte '''não está mais interessada''' em diálogos com os EUA '''que não levam a nada'''

EUA só querem ganhar tempo , diz representante do regime de Kim Jong-un.

 
 -   /
/ /

Um representante do regime de Kim Jong-un na Coreia do Norte afirmou nesta segunda-feira (18) que o país "não está mais interessado em diálogos" com os Estados Unidos que "não levam a nada".

Em texto publicado na agência estatal KCNA, o conselheiro da chancelaria norte-coreana Kim Kye Gwan afirma que "três rodadas de encontros entre Coreia do Norte e EUA e diálogos têm ocorrido desde junho do ano passado, mas não se chegou a avanço algum".

"E os EUA só querem ganhar tempo, fingindo ter avançado na questão da Península Coreana", completou.

Relações frias

Trump e Kim no lado norte-coreano — Foto: Susan Walsh/AP Trump e Kim no lado norte-coreano — Foto: Susan Walsh/AP

Trump e Kim no lado norte-coreano — Foto: Susan Walsh/AP

As declarações aumentam a incerteza sobre o clima político entre EUA e Coreia do Norte 17 meses depois do primeiro encontro entre Kim e o presidente norte-americano, Donald Trump, em Singapura.

Trump e Kim ainda se encontraram em fevereiro, no Vietnã – em reunião que terminou sem acordo –, e em junho, na fronteira entre a Coreia do Sul e Coreia do Norte.

Apesar dos encontros, a ditadura norte-coreana voltou a testar foguetes e mísseis no Mar do Japão – em um dos testes, um projétil chegou a cair em águas japonesas.

Segundo o consultor de Segurança Nacional da Coreia do Sul, os EUA tentam retomar o diálogo com a Coreia do Norte. Diplomatas norte-coreanos, porém, mostraram-se céticos e disseram que a janela de diálogo vem diminuindo.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE