Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Hospital Galileu conscientiza acompanhantes e usuários sobre acidentes de trânsito

 
 -   /
/ /

Em alusão ao Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito, celebrado em 17 de novembro, o Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), em Belém, realizou ação de orientação para os pacientes e seus acompanhantes, durante a manhã desta segunda-feira (18).

A ação faz parte do projeto "Direção Viva", criado pela unidade gerenciada pela Pró-Saúde, que tem como objetivo conscientizar cada vez mais pessoas sobre as sequelas dos traumas causados por acidentes de trânsito.

"A maior parte dos pacientes atendidos pelo Hospital Galileu sofreram acidentes de carro ou de moto e, por isso, já sabemos as consequências. O trabalho do Direção Viva é mostrar os impactos e alertar com formas de prevenção", explica Lidiana Sousa, responsável pelo setor de Humanização do HPEG.

Durante a atividade, os participantes receberam um folder explicativo contendo os números de acidentes de trânsito em Belém e região metropolitana e depoimentos de pessoas que passaram por isso. Além disso, o material continha medidas de prevenção, como não dirigir cansado ou após o consumo de álcool, respeitar a sinalização, não utilizar o aparelho celular quando estiver na direção, redobrar o cuidado em pistas molhadas e sempre atravessar na faixa de pedestre.

Enquanto aguardava sua consulta, a paciente Claudia da Silva participou das orientações e recebeu o folder do programa. Ela, que sofreu um acidente de moto há 4 anos, conta o que passou. "Sofri o acidente quando estava na garupa de uma moto, que acabou batendo em outra. Com o impacto, quebrei uma das pernas e precisei passar por várias cirurgias de lá pra cá", disse.

Atendimentos

O Hospital Galileu é referência em atendimentos de trauma-ortopédicos e recebe pacientes de outras unidades hospitalares, como o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua. De janeiro a outubro deste ano, o HPEG realizou 3.462 internações, destas 80% eram vítimas de acidente de trânsito.

Sobre o HPEG

O Hospital Público Estadual Galileu (HPEG) é uma unidade de retaguarda, que atende média e alta complexidades, e presta assistência hospitalar em traumato-ortopedia, clínica médica e cardiologia. O hospital, localizado na Rodovia Mário Covas, nº 2253, é gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (SESPA).

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de 11 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensora gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE