Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Sob frio de -35°C, criança carrega bebê de 18 meses por quase 1 km no Alasca após queda de energia

Autoridades de segurança mobilizaram um avião, que levou de 12 a 16 horas para chegar ao local. Mulher de 37 anos que seria responsável pelos menores foi presa.

 
 -   /
/ /

Um menino de 5 anos foi encontrado carregando um bebê de 18 meses por quase um quilômetro debaixo de um frio de -35°C em Venetie, no Alasca (Estados Unidos). Segundo boletim de ocorrência, a criança mais velha calçava apenas meias e vestia roupas leves.

O caso ocorreu em 3 de dezembro deste ano, quando uma falha deixou a casa na pequena Venetie — de somente cerca de 170 habitantes — sem energia elétrica. Com medo, o menino de 5 anos deixou o local com o irmão e andaram por cerca de 800 metros até a casa de um vizinho.

Uma aeronave das forças de segurança do Alasca chegou a ser deslocada para o local. Levou de 12 a 16 horas para que o socorro chegasse a Venetie, informou o porta-voz da localidade Ken Marsh.

"Felizmente, estávamos confiantes que as crianças estavam em boas mãos porque um vizinho as resgatou e nós conversamos com ele", disse Marsh

As duas crianças sofreram ferimentos relacionados ao frio e foram medicadas. Ambas passam bem.

Uma mulher de 37 anos identificada como Julie Peters foi presa por ter deixado os menores sozinhos — não está confirmado qual o grau de parentesco dela com as crianças.

Temperaturas extremas

Venetie fica próximo do Círculo Polar Ártico e, assim, tem temperaturas extremas no inverno. Comumente, a temperatura desce para abaixo de -50°C. Além disso, nesta época do ano, o sol fica acima do horizonte em somente cerca de duas horas por dia — em outras cidades do Alasca, há ainda o fenômeno da noite polar, quando o sol sequer pode ser visto.

Localização: Venetie, Alasca — Foto: G1 Mundo Localização: Venetie, Alasca — Foto: G1 Mundo

Localização: Venetie, Alasca — Foto: G1 Mundo

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE