Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Materno-Infantil e Escola lançam campanha para resgatar valores natalinos em Barcarena

 
 -   /
/ /

Em ação conjunta, colaboradores do HMIB irão realizar o sonho de crianças que enviaram cartinhas para o Papai Noel

Resgatar os valores natalinos e com ele a tolerância, fraternidade, companheirismo e amor ao próximo. É com esse objetivo que o Hospital Materno-Infantil de Barcarena Dra. Anna Turan (HMIB) e a Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental Professora Ana Dutra de Souza Vale, instituições vizinhas, localizadas em Barcarena, no nordeste paraense, se uniram para promover ações Natalinas neste ano. 

O serviço social do HMIB, unidade gerenciada pela Pró-Saúde e referência para diversos municípios do Baixo Tocantins, disponibilizou aos colaboradores as cartinhas destinadas para o Papai Noel, que os alunos da escola escreveram. A proposta é que cada colaborador possa contribuir, de forma espontânea, com do projeto “Eu também posso ser um Papai Noel”. 

“Com a proposta de tornar real o sonho de algumas crianças e manter acesa a magia do Natal, a crença no Papai Noel e na esperança, a equipe do HMIB se mobilizou no espirito de solidariedade para atender esses pedidos. A sensibilidade e a simplicidade dos desejos fizeram com que a equipe se motivasse ainda mais em levar alegria para as crianças”, comenta Fábio Machado, diretor Hospitalar do HMIB.

A professora Jaciara Ferreira, representante da escola, conta que a ideia surgiu pela necessidade de resgatar os valores natalinos nos alunos. “O projeto foi idealizado quando percebemos que a magia do Natal estava se perdendo entre as crianças. A partir desta necessidade, pensamos em como poderíamos reinventar a figura do Papai Noel, por meio de voluntários. Foi então que procuramos o Materno-Infantil”, explica. 

Os alunos beneficiados pela ação estão na faixa etária entre dois e nove anos. O HMIB será um parceiro estratégico na realização do evento previsto para o próximo dia 16, onde será realizada a entrega dos presentes com a presença do Papai Noel, que será interpretado por um colaborador da Maternidade e entregará as doações. 

“Quando era pequeno gostava muito de brincar de futebol e por isso resolvi doar várias bolas. Essa é uma oportunidade que estamos dando às crianças que não têm acesso aos brinquedos”, explica o supervisor de farmácia da unidade e participante da campanha, Jeferson Nascimento.

Papai Noel entrega os presentes
 A entrega dos presentes arrecadados será no próximo dia 16, às 10 horas, na Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental Professora Ana Dutra de Souza Vale, em Barcarena.

Sobre o Materno-Infantil de Barcarena

O Hospital Materno-Infantil de Barcarena Dra. Anna Turan está localizado na cidade de Barcarena, no Pará, a 114 km distante da capital Belém. Mantida pelo Governo do Estado do Pará e gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, é uma unidade hospitalar pública que atende média e alta complexidades. O público-alvo são mulheres gestantes e recém-nascidos. Sua abrangência inclui 11 municípios do Baixo Tocantins: Abaetetuba, Barcarena, Igarapé-Miri, Moju, Baião, Cametá, Limoeiro do Ajuru, Mocajuba, Acará, Ponta de Pedras e Oeiras do Pará.

Sobre a Pró-Saúde
A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 22 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE