Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Ufopa cadastra produtores culturais e artistas da região oeste para consolidar banco de dados

A ideia é mapear as pessoas que trabalham neste segmento e fortalecer o processo de interação entre a universidade e a comunidade.

 
 -   /
/ /

A Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) abriu na sexta-feira (10) o cadastro de agentes culturais 2020. O objetivo é consolidar um banco de dados sobre os produtores e artistas que atuam nas cidades do oeste do paraense. As inscrições podem ser feitas pelo site da instituição.

Podem participar do cadastro servidores e alunos da Ufopa, além da comunidade externa em geral, ou seja, pessoas físicas sem vínculo com a universidade.

É essencial que os agentes atuem no campo cultural, sem restrição quanto ao tipo de arte desenvolvida, as quais foram destacados alguns exemplos: artes cênicas, artes gráficas, audiovisual, literatura, moda, música, cultura digital, artesanato, gastronomia, produção cultural, etc.

Os profissionais ou amadores inscritos poderão ser convidados para atuar nos eventos e ações realizadas pela Ufopa. A ideia é mapear as pessoas que trabalham neste segmento e fortalecer o processo de interação entre a universidade e a comunidade.

O cadastro possibilitará aos inscritos obter informações sobre editais de seleção, palestras, cursos e oficinas de capacitação gratuitas realizadas pela Diretoria de Cultura e Comunidade (DCC) da Pró-Reitoria da Cultura, Comunidade e Extensão (Procce).

A partir deste ano, o banco de agentes culturais ficará acessível ao público para consulta no site da Procce.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE