Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Damasco afirma que Israel atacou base militar no centro da Síria

Porta-voz militar disse que quatro mísseis atingiram base aérea, mas afirmou que houve somente danos materiais. Suposta ação ocorre em meio a crise no Oriente Médio.

 

Um porta-voz militar da Síria acusou nesta terça-feira (14) militares de Israel de terem atacado uma base na província de Homs, informou a agência estatal Sana. Segundo ele, os sistemas de defesa sírios abateram os mísseis descritos como israelenses.

O representante militar sírio acrescentou que quatro mísseis atingiram a zona tomada como alvo, mas destacou que houve somente danos materiais.

O governo israelense não deu declarações públicas sobre a suposta ação. Israel teme que a Síria, governada por Bashar al-Assad, torne-se uma base de operações do Irã — sobretudo com a recente tensão no Oriente Médio após a morte do general iraniano Qassem Soleimani em um ataque aéreo dos Estados Unidos.

"Forças do regime, forças iranianas e conselheiros militares russos estão no Aeroporto Militar T4", disse à AFP o diretor do Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), Rami Abdel Rahmane.

Em 9 de abril de 2018, mísseis foram lançados contra a base T4, matando 14 combatentes, entre eles sete iranianos, segundo o OSDH. Irã, Síria e Rússia atribuíram este ataque a Israel.

Desde o início do conflito sírio, em 2011, Israel já promoveu diversos ataques contra as forças do regime e seus aliados Irã e Hezbollah libanês, inimigos do Estado hebreu.

Foguete cai no Iraque

Também nesta terça-feira, ao menos um foguete caiu perto da base aérea de Taji, ao norte de Bagdá, no Iraque, disseram forças militares iraquianas.

O local abriga tropas dos Estados Unidos, de acordo com forças militares iraquianas. Não há informações sobre feridos e não se sabe quem disparou o foguete.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE