Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Salários atrasados, áudios polêmicos e agressões: saiba porque os ânimos estão exaltados em Almeirim

Cidade do oeste do Pará ficou em evidência nos últimos dias. Apesar das polêmicas envolvendo seu nome, prefeita Adriane Bentes tem preferido o silêncio.

 
 -   /
/ /

Com pouco mais de 31 mil habitantes, o município de Almeirim, no oeste do Pará, tem sido alvo de muitas polêmicas nos últimos dias. No sábado (11) a tranquila cidade se tornou notícia após uma jovem denunciar a prefeita Adriane Bentes, juntamente com o esposo e vereador David Sadala, pela prática de agressões físicas e verbais.

Para entender melhor como os ânimos se exaltaram a ponto de virar caso de polícia, o G1 faz um resumo de todos os acontecimentos que antecederam a confusão.

Áudios vazados

Segundo apurações do G1, o clima ficou tenso entre a prefeita Adriane Bentes e alguns moradores de Almeirim após uma série de áudios terem vazado em grupos de mensagens instantâneas. Nos áudios atribuídos a Adriane Bentes, constam ameaças a personalidades políticas da cidade.

Em um dos áudios, supostamente, Adriane Bentes teria dito que só trabalharia com ela quem falasse bem do governo e em outro, o advogado João Brasil é citado em mensagem que encerra com a seguinte frase: “tem que mandar matar logo”.

O G1 tenta contato com a defesa de Adriane Bentes para saber sobre a autoria dos áudios. O portal também tenta contato com o advogado João Brasil, citado nos áudios.

Salários atrasados

Servidores públicos da Prefeitura de Almeirim informaram ao G1 que os salários estão atrasados, mais uma das razões de parte da população estar descontente com o governo municipal. As críticas referentes ao governo teriam sido uma das razões da prefeita ter agredido a jovem Jéssica Sousa, pois ela acreditava que Jéssica estaria fazendo registro de imagens para associar a presença dela em um bar com a falta de pagamento do salário dos servidores.

Os pagamentos referentes ao mês de dezembro não foram feitos até a publicação desta reportagem. O G1 solicitou posicionamento da defesa sobre os pagamentos dos salários dos servidores.

Confusão em bar

David Sadala e a esposa prefeita de Almeirim, Adriane Bentes (acima) e Jéssica Sousa (abaixo) com ferimento no nariz resultado das agressões — Foto: Reprodução/Redes sociais David Sadala e a esposa prefeita de Almeirim, Adriane Bentes (acima) e Jéssica Sousa (abaixo) com ferimento no nariz resultado das agressões — Foto: Reprodução/Redes sociais

David Sadala e a esposa prefeita de Almeirim, Adriane Bentes (acima) e Jéssica Sousa (abaixo) com ferimento no nariz resultado das agressões — Foto: Reprodução/Redes sociais

O ponto máximo dos escândalos envolvendo a prefeita da cidade e os moradores foi uma confusão em um bar da cidade onde uma jovem foi agredida e atribuiu as agressões à Adriane Bentes e ao esposo da prefeita, David Sadala, que também é vereador do município.

O casal foi denunciado e a Polícia Civil abriu um inquérito para investigar o caso. Ao G1, o delegado que preside as investigações, Rodrigo Oliveira informou que não procede a informação que o casal teria desobedecido os chamados para prestar depoimento.

Rodrigo Oliveira disse ainda que várias testemunhas já foram ouvidas e que o casal Adriane Bentes e David Sadala deve prestar depoimento somente no dia 27 de janeiro.

  • Após confusão envolvendo prefeita e vereador de Almeirim, população faz manifestação contra agressões à jovem
  • Estudante denuncia prefeita e vereador de Almeirim por agressões e ameaça; polícia investiga o caso

Se defendeu, mas voltou atrás

Publicação de Adriane Bentes em rede social — Foto: Reprodução/Redes sociais Publicação de Adriane Bentes em rede social — Foto: Reprodução/Redes sociais

Publicação de Adriane Bentes em rede social — Foto: Reprodução/Redes sociais

Pressionada pelos moradores e imprensa sobre o caso, a prefeita Adriane Bentes usou a sua página pessoal no Facebook para esclarecer os fatos envolvendo a confusão com a jovem Jéssica Sousa.

Na nota, Adriane Bentes disse que apesar de ser uma figura pública, tem direito de ter uma vida social, porém ao perceber que estava sendo filmada por Jéssica, foi pedir que a mesma não fizesse os registros, pois temia que as imagens fossem feitas com o intuito de expor a sua imagem negativamente.

A prefeita disse ainda que foi agredida verbalmente por Jéssica, razão que resultou em uma confusão com empurrões de ambas as partes. Adriane negou que o esposo, David Sadala, tenha agredido Jéssica com socos. A jovem fez registro em fotos e vídeos do rosto ensanguentado após a confusão.

Adriane concluiu a nota enfatizando que está à disposição da justiça para os esclarecimentos.

A nota provocou ainda mais revolta na população, que atacou a prefeita na publicação que foi apagada 7 minutos após a postagem.

Defesa

No sábado (11) o G1 solicitou o posicionamento do casal por meio da sua defesa, que informou ao portal que Adriane e David não se pronunciariam sobre o caso até que a polícia concluísse o inquérito.

Nesta terça-feira (15) o portal foi informado que o casal trocou de advogado. Reinaldo Soares é quem assume a defesa de Adriane Bentes e David Sadala.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE