Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

Transportadora se recusa a levar HQ para a França, mas volta atrás e diz que enviará livro

DHL afirmou que A louca do Sagrado Coração , de Alejandro Jodorowsky e Moebius, não seguia regras da empresa, mas reanalisou caso e mudou de ideia.

 
 -   /
/ /

A transportadora DHL voltou atrás, nesta quinta-feira (16), após se recusar a levar a história em quadrinhos "A louca do Sagrado Coração", de Alejandro Jodorowsky e Moebius, à França para a editora Veneta.

Segundo a empresa, ela reanalisou o caso e decidiu que a obra, cuja capa tem a ilustração de uma mulher mostrando os seis, não infringe suas regras.

"A remessa não se enquadra na categoria de produto restrito para transporte. Esclarecimento já realizado com a Editora, será transportado até o destino final", disse a empresa em nota enviada ao G1 (leia a íntegra abaixo).

O caso teve início nesta quarta-feira (15), quando a editora responsável pela publicação no Brasil, a Veneta, escreveu em sua página no Facebook acusando a DHL de se recusar a enviar a obra à França (leia a íntegra abaixo também).

"Por contrato, precisamos enviar alguns exemplares para a editora francesa de quem compramos os direitos. E enviamos. Mas a DHL devolveu o pacote avisando que não transporta tal tipo de conteúdo", afirmou a Veneta.

"Ligamos para saber o que isso significa. Não transportam livros? 'Não transportamos esse tipo de livro'. A nova censura vem armada de algoritmos, esquemas monopolísticos e muito dinheiro."

Leia a íntegra do texto publicado pela Veneta nesta quarta:

“Informamos que a remessa 7105955231 retornou, pois o conteúdo enviado não é permitido para transporte via DHL Express”. Do que se trata? A Veneta publicou o livro A Louca do Sagrado Coração, de Moebius e Alejandro Jodorowsky. Uma história em quadrinhos lançada originalmente na França, no início dos anos 1990, e considerada um clássico dos dois autores, talvez a melhor obra da dupla. Por contrato, precisamos enviar alguns exemplares para a editora francesa de quem compramos os direitos. E enviamos. Mas a DHL devolveu o pacote avisando que não transporta tal tipo de conteúdo. Ligamos para saber o que isso significa. Não transportam livros? “Não transportamos esse tipo de livro”. A nova censura vem armada de algoritmos, esquemas monopolísticos e muito dinheiro.

Saiba mais sobre o livro: https://bit.ly/2NJKf03

Leia a íntegra da nota enviada pela DHL nesta quinta:

Nota oficial

A DHL Express (Brazil), como empresa global, realiza diariamente a logística de milhares de envios para mais de 220 países e territórios, os quais possuem legislações e políticas específicas acerca dos bens que por ele transitam.

Para garantir o cumprimento da legislação desses 220 países, bem como para assegurar a qualidade e rapidez nos serviços prestados, para cumprir com suas obrigações legais das alfândegas internacionais, tem assegurado o direito de, conforme consta em seus Termos e Condições de Transporte*, inspecionar as remessas transportadas com o objetivo de garantir a segurança e cumprimento de normativas aduaneiras e outros requerimentos legais.

O item 4 dos Termos e Condições de Transporte assim dispõe:

“4.Inspeção

A DHL reserva-se o direito de abrir e inspecionar qualquer Remessa sem notificação prévia, por motivos de segurança, aduaneiros ou por outras exigências legais”.

No caso da remessa enviada pela Editora Veneta, ao reanalisar o caso, avaliando maiores detalhes do envio, como país de origem e destino, o roteamento por onde o envio passará até a entrega final, informamos que a remessa não se enquadra na categoria de produto restrito para transporte. Esclarecimento já realizado com a Editora, será transportado até o destino final.

* Termos e Condições disponíveis no site www.dhl.com e também encontradas no DHL Waybill,

Nota: Para saber mais sobre o Sistema de Gestão de Conformidade do Deutsche Post DHL Group, visite nosso site corporativo em http://www.dpdhl.com/en/about_us/compliance_management.html

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE