Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Jovens morrem em incêndio em canavial na Venezuela quando tentavam encontrar comida

A economia da Venezuela entrou em colapso nos últimos cinco anos, com os preços disparando diariamente devido à hiperinflação.

 

Um incêndio em um canavial em Aragua, na Venezuela, deixou ao menos 11 jovens venezuelanos mortos. Eles tentavam caçar coelhos e encontrar comida em meio à escassez generalizada sofrida pelo país sob regime de Nicolás Maduro, informaram autoridades e moradores nesta sexta-feira (24)

O incêndio começou na tarde de quinta-feira no distrito rural de Cagua, nos arredores da cidade de Maracay, segundo Douglas Rico, diretor da polícia forense na Venezuela. Rico disse que as autoridades estão investigando se o incêndio foi acidental ou provocado.

"Havia um vento forte que mudou a direção das chamas e eles ficaram cercados pelo fogo", disse Rico na TV estatal.

O governador de Aragua, Rodolfo Marco, disse em entrevista coletiva que os jovens, todos com idades entre 10 e 18 anos, morreram de queimaduras de segundo e terceiro graus. Dois outros permaneciam hospitalizados.

Os agricultores costumam queimar canaviais na região nesta época do ano durante a colheita, disseram autoridades, e os habitantes locais tentam capturar animais quando saem da vegetação rasteira para escapar das chamas.

Economia em colapso

A economia da Venezuela entrou em colapso nos últimos cinco anos, com os preços disparando diariamente devido à hiperinflação, e muitas pessoas lutam para suprir as necessidades básicas, como alimentos e medicamentos.

  • 'RECUO': Hiperinflação recua na Venezuela em 2019 e chega a 13.475% ao ano, diz chavismo

Neste mês, o regime chavista decretou aumento em 300% no salário mínimo para tentar diminuir a crise. O valor equivale a cerca de R$ 77 mensais. Veja mais no VÍDEO abaixo.

Governo da Venezuela decreta aumento do salário mínimo em 66%

Governo da Venezuela decreta aumento do salário mínimo em 66%

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE