Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Servidora é confundida com retrato falado de mulher que tenta sequestrar crianças no Pará

Ao longo da semana, o retrato falado foi divulgado pela Polícia, após relatos de tentativas de sequestro em Belém e Ananindeua. A servidora pública foi ameaçada enquanto cumpria atividade social no bairro do Aurá.

 

Uma servidora pública de Ananindeua foi confundida com o retrato falado divulgado pela Polícia de mulher que ameaça contaminar mães com seringa ao tentar sequestrar crianças, na região metropolitana de Belém. Nesta sexta-feira (24), ela foi ameaçada enquanto cumpria atividade social do Programa Criança Feliz no bairro do Aurá. O motorista que acompanhava a servidora também foi atacado.

De acordo com a Secretaria de Cidadania, Assistência Social e Trabalho de Ananindeua (SEMCAT), os dois funcionários da secretaria foram agredidos e intimidados pela população. A dupla faz visita regulares às casas dos usuários do programa e foram confundidos pela população ao serem vistos em um carro disponibilizado para cumprir as atividades.

A servidora e o motorista foram encaminhados para a Seccional do Aurá, onde esclareceram as atividades que desempenham e foram liberados, após ser comprovado que eles não possuem vínculo com os casos que circulam nas redes sociais. Um boletim de ocorrência foi registrado sobre o caso.

Tentativas de sequestro sob ameaça

A Polícia Civil do Pará investiga os casos de tentativa de sequestro de crianças sob ameaça de contaminação com seringa contaminada na região metropolitana de Belém. Ao menos, três casos que podem estar relacionados foram registrados em Belém e Ananindeua. De acordo com o delegado-geral Alberto Teixeira, o número de vítimas pode ser ainda maior que o registrado.

Segundo as denúncias, mães de crianças são abordadas por uma mulher portando uma seringa cheia de líquido vermelho, que ameaça contaminá-las caso não entreguem os filhos. Outra pessoa aguarda no carro usado para o crime durante a ação. Ainda de acordo com uma das vítimas, o carro utilizado no crime é da cor prata.

Polícia Civi do Pará investiga denúncias contra mulher que tenta sequestrar crianças

Polícia Civi do Pará investiga denúncias contra mulher que tenta sequestrar crianças

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE