Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Carnaval no Hospital Regional de Santarém ameniza ansiedade de pacientes com câncer

 
 -   /
/ /

Aproveitando o momento de alegria que as programações de Carnaval podem proporcionar, o Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), realizou o “5° Grito de Carnaval do HRBA – Os Heróis na Folia”, uma ação de humanização que buscou amenizar a ansiedade e levar alegria a pacientes e acompanhantes.

Durante quase duas horas, crianças e adultos se divertiram ao som de marchinhas carnavalescas tradicionais. A programação contou com concurso de fantasias, pinturas corporais e apresentação de paródia com mensagem aos adultos sobre prevenção a infecções sexualmente transmissíveis.

Para Tiana Werneck, mãe da Karoline Werneck, de 8 anos, que faz tratamento contra leucemia na unidade, gerenciada pela Pró-Saúde, as atividades igual ao baile deixam a pequena feliz e otimista. “Como ela não pode ir para a folia na rua, sempre participamos do bailinho do HRBA. Ela gosta tanto que quando o mês de fevereiro inicia, já pede para eu preparar a fantasia, que este ano foi de marinheira", explica.

Tiana foi embalada pela alegria da filha e também se fantasiou. “Não adianta só ser mãe, tem que compartilhar e viver todos os momentos juntos, e é clara a felicidade dela quando eu e o pai nos envolvemos. Quanto mais feliz ela fica, melhor para o tratamento”, completa a mãe de Karoline.

A programação é realizada anualmente com objetivo de proporcionar momentos de descontração e lazer aos pacientes internados. “Por estarem hospitalizados, falamos que existe uma ruptura no cotidiano, na qual não conseguem vivenciar as datas comemorativas. Com esta iniciativa, conseguimos favorecer essa vivência, conseguimos ressignificar esse conceito de eventos, alcançamos a minimização do estresse. Após um evento deste, por exemplo, os pacientes aceitam melhor procedimentos, melhora a interação social, proporcionando qualidade de vida e bem-estar”, explica a terapeuta ocupacional do HRBA, Ana Paula Ribeiro.

As marchinhas que animaram o público foram entoadas pela Banda “Amigos do HRBA”, composta por músicos voluntários da Banda Tapajoara, que se juntaram para proporcionar alegria aos pacientes. “O sentimento de poder ajudar o próximo é de muita felicidade. Como eles não puderam sair do hospital, nós trouxemos a alegria até eles, reforçando a esperança de todos. É gratificante, e esse é o melhor presente”, destaca o músico Noé Pantoja.

A iniciativa faz parte do Grupo de Ações e Eventos de Valorização Humana (GAEVH) do Regional de Santarém. O setor é responsável por desenvolver atividades hospitalares com foco na humanização, com respeito, carinho e confraternização entre os pacientes, acompanhantes e familiares.

Durante as apresentações, foram escolhidos o príncipe e a princesa da Alegria, do Amor e da Esperança, entre os pacientes mais animados. A paciente oncológica Francilene da Silva, de 4 anos, recebeu a faixa de princesa da Alegria. Fantasiada de enfermeira, ela emocionou os colaboradores e animou o público com toda sua simpatia. “Esse momento ajuda muito no tratamento dela. Hoje ela veio fazer quimioterapia e já ficou para se divertir”, afirma a mãe Ana Karolaine Silva.

Especializado em alta e média complexidades, o HRBA tem como missão oferecer um atendimento seguro, humanizado e de qualidade. “É uma forma de trabalhar a humanização com os pacientes e seus familiares. Este tipo de atitude faz parte do tratamento, já que muitas crianças passam muito tempo no ambiente hospitalar, devido ao longo tratamento. É emocionante ver a participação de todos, e poder proporcionar um pouquinho de alegria e descontração, para quem já enfrenta situações difíceis”, destaca o diretor Técnico, Epifanio Pereira.

O Regional do Baixo Amazonas, que pertence ao Governo do Pará, sendo gerenciado desde 2008 pela Pró-Saúde, atende uma população estimada em mais de 1,3 milhão de pessoas, residentes em 28 municípios do Oeste do Pará. A unidade é reconhecida como um dos dez melhores hospitais públicos do Brasil e certificado ONA 3 – Acreditado com Excelência - maior certificação nacional de acreditação hospitalar, que assegura o padrão de segurança e qualidade no atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE