Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Peritos do CPC de Santarém realizam perícias em veículos apreendidos em Rurópolis

Foram realizadas perícias em veículos automotores e motocicletas apreendidas durante as operações policiais integradas dos órgãos de segurança pública.

 
 -   /
/ /

Peritos do Centro de Perícias Renato Chaves (CPC), de Santarém, no oeste do Pará, estiveram na cidade de Rurópolis, no sudeste do estado, na tarde desta segunda-feira (16), para realizar uma série de procedimentos solicitados neste mês de março pelo delegado Ariosnaldo Vital Filho, em objetos apreendidos.

Segundo o delegado foram realizadas perícias em veículos automotores e motocicletas apreendidas durante as operações policiais integradas dos órgãos de segurança pública, ocorridas nos meses de fevereiro e março, alguns com registros de roubos/furtos, apresentando sinais de adulteração no chassi e motor. Também foram periciadas motocicletas envolvidas em acidentes sem morte, uma vez que é necessário o exame pericial de danos.

Durante as perícias, destacaram-se as constatações de várias adulterações nas motocicletas e automóveis apreendidos, além da identificação de documentos falsos.

Chassi de motos são identificados como adulterados pelos peritos do CPC de Santarém   — Foto: Polícia Civil de Rurópolis/Divulgação Chassi de motos são identificados como adulterados pelos peritos do CPC de Santarém   — Foto: Polícia Civil de Rurópolis/Divulgação

Chassi de motos são identificados como adulterados pelos peritos do CPC de Santarém — Foto: Polícia Civil de Rurópolis/Divulgação

Após a equipe de perícia colocar uma solução química, foi possível identificar alguns números veiculares que demonstram adulteração. Caso seja encontrado seu legítimo proprietário, ele deverá procurar o órgão competente para remarcação dos sinais identificadores.

"Necessitávamos de análise de chassis, motores, características gerais, entre outros. Fizemos consultas exaustivas nos sistemas integrados da polícia sobre origem, proprietário e procedência, visando melhor instruir, mediante laudos, os inquéritos policiais em fase de conclusão", explicou o delegado Ariosnaldo Filho.

Trabalho dos peritos criminais na delegacia de Polícia Civil de Rurópolis — Foto: Polícia Civil/Divulgação Trabalho dos peritos criminais na delegacia de Polícia Civil de Rurópolis — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Trabalho dos peritos criminais na delegacia de Polícia Civil de Rurópolis — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Ainda conforme o delegado, os resultados das operações são satisfatórios em benefício da segurança no município, e envolvem intenso trabalho preventivo e repressivo das polícias, e a colaboração da população.

"Destacamos o papel da população, que hoje está cada vez mais atuante e participativa no combate à criminalidade", enfatizou.

Para o delegado Ariosnaldo, os trabalhos de perícias técnicas contaram com o perito Elvis Leite e seus auxiliares de perícia Márcio Lino e Josias Matias, que desenvolveram trabalhos exaustivos para melhor embasar os procedimentos policiais em fase de conclusão, que apuram as autorias de crimes de receptação e adulteração de chassi.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE