Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Mesmo sem caso confirmado, Belém já tem rotina alterada pelo novo coronavírus

Espaços públicos que tinham grande movimentação estão ficando cada vez mais vazios.

 

Mesmo sem caso confirmado e 27 casos suspeitos no estado, a preocupação já está alterando a rotina de espaços públicos na capital Belém.

Estabelecimentos que tinham grande movimentação estão ficando cada vez mais vazios. Precavidas, as pessoas estão ficando mais em casa, o que já está causando prejuízos para comerciantes.

Na Estação das Docas, diversas cadeiras e mesas estavam vazias nesta terça (17). A nutricionista Ana Jandira, de Belo Horizonte, está viajando por Belém e se disse preocupada. "Por ser cidade turística, com certeza (a doença) vai chegar, então a gente não pode negligenciar os cuidados", afirmou.

No Mercado do Ver-o-Peso, poucos clientes movimentavam o lugar. Comerciantes como Eliana Gomes já sentem impactos nas vendas. "A gente faz a refeição, mas não tem freguês para cobrir a demanda", disse.

Já no Terminal Rodoviário, em São Brás, o fluxo de pessoas ainda é normal, mas nos guichês, os vendedores dizem que muito já procuram atendimento para cancelar viagens a São Paulo e ao Rio de Janeiro.

CORONAVÍRUS

  • Últimas notícias sobre coronavírus

  • VÍDEOS: Coronavírus: perguntas e respostas

  • GUIA ILUSTRADO: sintomas, transmissão e letalidade

  • Veja o que é #FATO ou #FAKE sobre o coronavírus

  • Quanto tempo o novo coronavírus vive em uma superfície ou no ar?

  • Máscaras servem para proteção contra o novo coronavírus?

  • Como se prevenir do coronavírus?

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE