Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Decreto em Oriximiná suspende por 15 dias alguns serviços e adota medidas preventivas ao coronavírus

Documento foi assinado pelo prefeito nesta terça-feira 17 . Entre as medidas está a suspensão de licenças e autorização para grandes eventos.

 
 -   /
/ /

Adotando medidas preventivas de combate ao novo coronavírus, a prefeitura de Oriximiná, no oeste do Pará, publicou um decreto nesta terça-feira (17) com lista de ações que o município adotará por 15 dias. O documento levou em consideração os decretos federal e estadual.

Estão suspensos até o fim do mês o licenciamento e autorização de eventos, reuniões e manifestações públicas e privadas com mais de 100 pessoas.

  • Por precaução, funcionário da MRN com sintomas gripais e três familiares são colocados em isolamento

Também ficaram proibidas dentro deste período o deslocamento de servidores em território nacional e exterior, com exceção em caso autorizados pelo governo fundamentado na necessidade. Os atendimentos nas repartições públicas municipais se limitam ao atendimento eletrônico e por telefone, mas ficam mantidos os expedientes, incluindo a rede de educação municipal.

Os órgãos ligados ao serviço social reorganizarão as atividades socioassistenciais de forma a minimizar o impacto àqueles em situação de vulnerabilidade social.

Fica a cargo das Secretarias de Saúde e Administração o protocolo de atendimento aos servidores e empregados públicos que se ausentarem para fins de investigação e controle epidemiológico.

Também ficam condicionados às pastas municipais autorizar o trabalho home office de servidores que se encontram nos grupos de risco ou sintomas da Covid-19, independente de atestado médico.

A Secretaria de Saúde ficará responsável pelo controle sanitário no porto, aeroporto, Cachoeira Porteira e Distrito de Porto Trombetas, onde já tem um caso suspeito sendo acompanhado.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE