Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Acusado de tentar matar PM é condenado a 12 anos de prisão em Belém

Crime ocorreu em novembro de 2017, no bairro Tapanã, em Belém.Réu está foragido do sistema penitenciário e confessou a autoria.

 

Acusado de tentar matar cabo da Polícia Militar é condenado a 12 anos de reclusão por jurados do 2º Tribunal do Júri de Belém, nesta terça-feira (17). O réu Renato da Cruz Pinheiro, de 23 anos, está foragido do sistema penitenciário.

O crime ocorreu em novembro de 2017, no bairro Tapanã, em Belém. Na ocasião, uma equipe policial estava realizando uma ronda em viatura móvel quando avistaram três suspeitos. Um dos suspeitos tentou fugir ao ver os policiais e o cabo Ângelo Augusto da Luz Gomes iniciou uma perseguição e foi atingidos por duas balas de arma de fogo. O suspeito fugiu.

Os jurados acataram a tese da acusação, que sustentou que o réu foi autor de homicídio qualificado tentado. A defesa alegou que o réu praticou tentativa de homicídio simples, requerendo a aplicação do fator de diminuição de pena por ser menor de 21 anos da época do crime e por ter confessado a autoria.

A pena base de 30 anos de reclusão foi reduzida a 12 anos por ter sido um crime de homicídio tentado, não consumado e pelos argumentos apresentados pela defesa do réu. A pena deve ser cumprida em regime inicial fechado.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE