Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Juruti adota medidas para enfrentamento à Covid-19; confira as medidas adotadas

Decreto foi publicado nesta segunda-feira 23 e levou em consideração determinações do Estado e do Governo e Federal.

 
 -   /
/ /

Seguindo recomendações estadual e federal para proteger a população da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, a Prefeitura de Juruti, no oeste do Pará, publicou o decreto que estabelece medidas temporárias para enfrentamento da pandemia. O documento foi publicado neste terça-feira (23) e é válido até 8 de abril, podendo ser prorrogado.

A população deve se recolher até às 21h. Em caso de descumprimento a alguma das recomendações do decreto, a pessoa flagrada poderá sofrer sanções administrativas.

Os militares da 28ª Companhia Independente da Polícia Militar montaram um esquema de fiscalização para que os decretos municipal, estadual e federal sejam cumpridos pelos moradores de Juruti.

"A gente pede que a população adote esses essas medidas, que procure ficar em casa e se for sair que seja somente se necessário e justificável", orientou o comandante da 28ª CIPM, capitão Vanderlei Costa.

Comércio

Fica determinado que o horário comercial no município será de segunda a sábado de 10h às 16h, sendo que os comerciantes devem adotar medidas preventivas para evitar contágio, como filas com distância de 1,5m entre pessoas, uso de álcool em gel e lavagem das mãos.

Aos donos de comércios alimentícios, higiene e saúde, fica condicionado estabelecer limites quantitativos para compra de itens essenciais para evitar o esvaziamento de estoque, assim como limitar a quantidade de pessoas dentro do estabelecimento, sendo 15 clientes para maior porte e cinco para os de menor porte.

As padarias devem funcionar entre 6h às 10h e de 16h às 20h, suspendendo os serviços de café e os atendimentos em mesas. Os demais estabelecimentos, como açougues, mercearias e supermercados podem ficar abertos até 20h.

Transportes

O decreto prevê ainda regras para os transportes. Segundo a prefeitura, apenas cargas e encomendas poderão circular entre cidade e interior do município, suspendendo o transporte de passageiros.

Quem faz a linha Juruti/Aninduba, comunidade em Santarém, deve adotar as medidas estabelecidas no Decreto Estadual.

E, em relação ao transporte de funcionários das minas para a cidade, ou vice-versa, será obrigatória a adoção das medidas básicas de prevenção ao vírus.

No transporte fluvial, as embarcações que atracam em portos particulares devem fazer o desembarque de passageiros no porto municipal, onde equipes de Vigilância Sanitária farão o acompanhamento dos mesmos.

Viajantes que passaram por locais com casos suspeitos ou confirmados, que sejam assintomáticos, devem permanecer em isolamento domiciliar de 7 dias. Em casos sintomas, o isolamento deve ser de 14 dias.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE